Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
Agronegócio

China importou 2,3 milhões de toneladas de soja produzidas em MS

11 dezembro 2019 - 09h43Por André Bento

Dados da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) apontam que de janeiro a novembro deste ano a China importou 2,3 milhões de toneladas de soja produzidas no Estado. Principal destino das exportações sul-mato-grossenses, o país asiático pagou US$ 813 milhões pelo produto.

Isso representa 75,18% do volume total comercializado no mercado internacional desde o início do ano, de 3 milhões de toneladas. Trata-se de uma retração de 39,3% em relação ao mesmo período em 2018, segundo o mais recente boletim Casa Rural.

Somente no mês passado foram exportadas 162 mil de toneladas da oleaginosa, volume 52,74% inferior ao de novembro de 2018. Desde o início deste ano, as receitas totalizaram US$ 1,08 bilhão, retração de 46,3% no comparativo com os 11 primeiros meses do anterior.

Ainda de acordo com o boletim Casa Rural, em 6 de dezembro os produtores estaduais concluíram o plantio da safra atual, numa área estimada em 3,163 milhões de hectares. Houve atraso por causa da falta de chuvas. Na safra passada, a semeadura acabou em 22 de novembro.

Apesar dessas adversidades climáticas, a entidade representativa do setor produtivo manteve a expectativa de produção de 9,906 milhões de toneladas, com produtividade média de 52,19 sacas por hectare.

A publicação cita ainda levantamento realizado pela Granos Corretora, segundo o qual, até 9 de dezembro, o Mato Grosso do Sul já havia comercializado 36% da safra 2019/20, avanço superior a quatro pontos percentuais comparado a mesmo índice apresentando em igual período em relação à safra 2018/19, de 31,34%.

Conforme o relatado pelos pesquisadores do Siga-MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), o plantio foi finalizado nas três regiões acompanhadas (norte, sul e centro) entre 2 e 6 de dezembro.

“Produtores realizaram tratos culturais de controle de insetos, plantas daninhas e doenças, no entanto, até o momento a infestação de pragas está dentro da normalidade. A previsão do tempo para a segunda semana de dezembro é de volumes significativos de chuva, até o momento o clima mantém-se favorável ao desenvolvimento da cultura”, detalharam.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Mulher é presa em flagrante pela polícia com três armas de fogo
REGIÃO
Suspeito de furto em frigorífico da JBS é preso pela polícia
MEIO AMBIENTE
Técnica criada na USP poderá tornar produção de plásticos mais sustentável
MERCADO DA BOLA
Everton recusa proposta de R$ 464 mi do Barcelona por Richarlison
GADO
Vaca é abatida a tiros pela polícia em rodovia do Estado
BRASIL
Presos são transferidos após incêndio em presídio no Rio de Janeiro
MATO GROSSO DO SUL
Diferença de preço em item da cesta básica chega em 243%, diz Procon
BRASIL
Bolsonaro vai sobrevoar áreas atingidas pelas chuvas em MG
REGIÃO
Motociclista joga maconha em margem de rodovia e acaba preso
TRÊS LAGOAS
Drogas e armas são encontradas em carros com adesivos de empresas

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
JARDIM FLÓRIDA
Homem é preso acusado de 'passar a mão' em menina de 11 anos