Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Ceia de Natal está 18,6% mais cara este ano, diz FGV

03 dezembro 2012 - 16h15

A ceia de Natal vai custar, em média, 18,6% a mais neste ano do que no ano passado. O levantamento feito pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que a inflação dos produtos usados na ceia é três vezes maior do que a registrada na média acumulada pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) no período de dezembro de 2011 a novembro de 2012, que foi de 5,77%.

Entre os itens que apresentaram maior aumento de preço estão o arroz (33,49%), a cebola (48,37%), a batata inglesa (51,82%) e as frutas como mamão papaya (66,88%), manga (26,17%), abacaxi (23,52%) e maçã (22,13%).

Outros produtos também subiram acima da inflação, como a azeitona em conserva (11,79%), o frango (10,45%), os pães e biscoitos (8,55%) e o bacalhau (5,96%).

Alguns itens, no entanto, tiveram aumento de preços menos intenso do que o registrado pelo IPC: azeite (3,48%), lombo suíno (2,84%) e vinho (1,61%). O pernil suíno foi o único produto pesquisado pela FGV que teve queda de preço – de 1,26% – entre 2011 e 2012.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Pistoleiro preso após executar fazendeiro é membro do Comando Vermelho
POLÍTICA
Dilma vai ao STF para Bolsonaro explicar declaração dada nos EUA
NAVIRAÌ
Homem é preso após estuprar e arquivar fotos de menina de 9 anos
TEMPO
Sexta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
UAU!
Namorada de Enzo Celulari, Victória Bartelle se refresca em dia de sol
POLÍCIA
PF suspende inquéritos que usam dados do Coaf sem aval da Justiça
BRASIL
ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo dos caminhoneiros
CORUMBÁ
Médico suspeito de cobrar por cirurgia no SUS é denunciado por abuso sexual
JUDICIÁRIO
Goleiro Bruno obtém progressão de pena para o regime semiaberto
TECNOLOGIA
UEMS oferece curso gratuito de informática básica em Dourados

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
BR-163
Ponte sobre o Rio Dourados será parcialmente demolida em obra de R$ 3 milhões