Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 9860-3221
POLÍCIA MILITAR

Candidata míope consegue reverter desclassificação em concurso

06 dezembro 2018 - 18h05Por Da Redação

Em decisão liminar, a 1ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos de Campo Grande concedeu pedido de tutela provisória de urgência possibilitando a participação de I.P.M.A. na 4ª fase do concurso da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e nas demais fases que se seguirem, se classificada.

Em alegações, a autora afirmou que participa de concurso público de provas e título para ingresso no quadro de oficiais de saúde da Polícia Militar de MS, concorrendo a vaga de médico veterinário clínica médica ou cirurgia de pequenos animais. Narra que o concurso é composto de cinco fases, tendo sido aprovada na 1ª fase (prova escrita objetiva) e na 2ª fase (exame de aptidão mental), classificada em 4º lugar. 

Contudo, ao ser submetida à 3ª fase do concurso (exame de saúde), foi surpreendia com a declaração de sua inaptidão, sob o argumento de não apresentar acuidade visual (clareza de visão) com índice mínimo. 

Argumenta que a decisão da banca mostra-se ilegal, inconstitucional, injusta, precária e sem fundamento médico-legal da junta de saúde. Requer que seja declarado nulo o ato que declarou sua inaptidão, possibilitando sua participação nas demais fases do concurso, com data já agendada.

Segundo o juiz que proferiu a decisão, Paulo Henrique Pereira,  não parece razoável tampouco proporcional a declaração de inaptidão da impetrante na 3ª fase do concurso da PMMS. Em laudo, apresentado nos autos, o grau de acuidade visual da autora apenas não atende o mínimo, registrada miopia de -1,25 em ambos os olhos, atingindo acuidade visual normal corrigida.

"Pelo que se vê, o problema visual da requerente é de pequena monta e perfeitamente corrigível com o uso de óculos, lentes de contato ou cirurgia, não sendo razoável a imposição dos limites do edital do concurso, vez que a capacidade física e saúde da impetrante não se mostra de modo algum afetada por seu problema visual, não havendo que se falar em comprometimento do exercício da função a que concorre", conclui o juiz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Giovanna Ewbank encanta de topless nas Maldivas
REGRAS FLEXÍVEIS
Órgão do MPF diz que novo decreto sobre armas pode favorecer milícias
CAMPO GRANDE
Homem aceita se encontrar com marido de colega e é agredido a pauladas
INVESTIGAÇÃO
Queiroz pagou R$ 133 mil em dinheiro por cirurgia em hospital de SP
LADÁRIO
Com motorista refém no MT, casal é preso tentando levar carreta para Bolívia
BRASIL
Governo federal estuda aluguel social no Minha Casa Minha Vida
TESTE FÍSICO
Está entre os concurseiros que farão o TAF? Confira dicas para se dar bem
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Polícia recupera espingardas e 850 munições furtadas de fazenda
GERAL
Justiça eleitoral cancela 2,4 milhões de títulos de eleitor em todo País
ANASTÁCIO
Dupla é presa com 193 quilos de maconha que seriam entregues na Capital

Mais Lidas

APÓS INVESTIGAÇÃO
Polícia conclui que atentado registrado por vereadora foi acidente de trânsito
VILA CACHOEIRINHA
“Boca” é fechada, mulher é presa e diz traficar pelo baixo valor do salário mínimo
TRÁFICO
Motorhome com destino a São Paulo é apreendido com mais de 4 toneladas de maconha
MS-156
Dupla é presa pela PF com pistolas entre Dourados e Itaporã