Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Autoridades destacam ações conjuntas na abertura da ExpoCidades

03 dezembro 2012 - 14h45

Desenvolver parcerias e ações integradas para o desenvolvimento do território sul-mato-grossense. Este foi o foco principal do discurso das autoridades que participaram na manhã desta segunda-feira (3) da abertura oficial da ExpoCidades, Congresso para o Desenvolvimento dos Municípios, no Auditório Principal do Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande.



“É muito importante que parceiros e gestores apoiem os projetos em prol da região. Unindo executivo, legislativo, judiciário, entidades, empresas e sociedade civil podemos chegar mais longe”, afirmou André Puccinelli. O governador do Mato Grosso do Sul destacou ainda a luta pela partilha dos royalties entre todos as unidades da federação e a busca por incentivos fiscais que permitam o crescimento empresarial no Estado. “Colocamo-nos sempre ao lado dos que empreendem”, garantiu.



O presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, falou sobre o Plano de Desenvolvimento Regional (PDR), previsto para ser colocado em prática a partir de janeiro do ano que vem. “Construiremos ações para a evolução de forma planejada e levaremos os projetos das entidades envolvidas a seis macrorregiões do Estado”.



Empreendedorismo e gestão para desenvolver



Cláudio Mendonça, superintendente do Sebrae no MS, ressaltou a atuação da entidade, voltada às micro e pequenas empresas, junto aos vários setores da economia, como a atividade rural, de serviços, o comércio e a indústria.



Ele citou ações como o empresário oculto, em que um agente foi enviado a algumas cidades para simular a abertura de empresa e constatar desta forma as dificuldades enfrentadas. “Nós acreditamos em um município melhor, uma administração mais eficiente e inclusão produtiva através dos pequenos negócios”, disse Cláudio.



Após a solenidade, foi realizado o Painel “Desenvolvimento Regional e Eficiência na Gestão Pública”. Presente na ocasião, Eduardo Riedel, presidente da Famasul e do Conselho Deliberativo do Sebrae no MS, salientou que “o desafio é o desenvolvimento de forma uniforme de todos os municípios e, para isso, é necessária a ferramenta de gestão”.



Segundo ele, os dois dias de evento são uma oportunidade para que os gestores municipais procurem saber mais sobre o apoio que o ‘Sistema S’ e outras entidades podem oferecer.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COSTA RICA
Menina de 3 anos dormia com a mãe que foi assassinada a facadas pelo ex
POLÍTICA
Bolsonaro diz que auxílio emergencial poderá ter a quarta parcela
JUDICIÁRIO
MP denuncia juiz por ter recebido propina para liberar precatórios
ENSINO SUPERIOR
Ainda sem data, Enem 2020 já tem 6,1 milhões de inscritos
TRÊS LAGOAS
Motociclista é atingida por linha com cerol e garotos que soltavam pipa fogem
ECONOMIA
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular
CARTILHA
Tribunal de Justiça lança Guia de Boas Práticas para Pessoas com Deficiência
CAPITAL
Idoso é enganado por golpistas, entrega dois cartões e fica no prejuízo
JUSTIÇA
Ministro do STF nega recurso e mantém pena de prefeito condenado por tráfico
DESCAMINHO
Receita Federal apreende duas toneladas de narguilé contrabandeadas

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher