Menu
Busca segunda, 19 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
MAIS CARO

ANS autoriza reajuste e planos de saúde ficarão 13,55% mais caros

05 junho 2015 - 09h31

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) autorizou, e os planos de saúde individuais e familiares vão ficar até 13,55% mais caros. Esse aumento é mais do que o dobro da inflação do ano passado. É o maior desde que a ANS foi criada, há 15 anos.

A ANS justificou o índice alto com os custos do setor, como investimento em novas tecnologias. Além de considerar a média dos reajustes dos planos de saúde coletivo definidos em negociação entre empresas e operadoras.

“O reajuste dos planos coletivos, que a ANS usa como base para reajustar os individuais, não é controlado pela Agência. Então, como é que você pode ter um reajuste fixado pela Agência, que tem como base um reajuste que a Agência não controla.”, comenta a advogada Melissa Areal Pires.

Os boletos, já mais caros, com os novos valores, devem começar a chegar a partir de julho. E o consumidor tem que estar com o bolso preparado, porque as operadoras também foram autorizadas a cobrar o retroativo.

Os planos são corrigidos no mês que os contratos fazem aniversário. Só que o reajuste anunciado agora vale desde maio. Então, quem tem planos que fizeram aniversário no mês passado e fazem agora em junho é que vão pagar o retroativo, porque ainda não deu tempo de cobrar o valor novo. Para ficar mais claro, vamos supor que a mensalidade custe R$100. Quando a pessoa receber o boleto em julho, vem com o aumento, e mais a diferença referente ao mês que não foi cobrado.

Operadoras decidem de quanto será a correção

Quem tem plano fazendo aniversário em maio paga o retroativo duas vezes, em julho e agosto. Para os planos com aniversário este mês, só paga um, no boleto de julho.

Do jeito que vai, Dona Lourdes vai ter que pensar em um outro plano para continuar com saúde.

“Eu vou pagar quase R$ 2,1 mil de plano de saúde. Tá dando dor de cabeça sim. É revoltante, é revoltante mesmo.”, afirma a aposentada Lourdes Senna.

A Agência Nacional de Saúde disse que os 13,5% de reajuste é o índice máximo. As operadoras é que vão decidir, dentro desse limite, de quanto será a correção nas mensalidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Mais de 3 mil veículos são abordados nas rodovias estaduais durante operação
BRASIL
Haddad vira réu por corrupção e lavagem de dinheiro
ECONOMIA
Mais de 25 mil sul-mato-grossenses nascidos em novembro podem sacar Pis/Pasep a partir de terça
ASSASSINATO EM PRESÍDIO
Cúpula policial do Paraguai assume após crime de traficante brasileiro
MEIO AMBIENTE
PMA localiza fazenda responsável por enxurrada que turvou água do rio da Prata
ESTADO
Governo de MS abre mais de mil vagas para promoção dos servidores das carreiras da PC
CAMPO GRANDE
Homem é encontrado morto e nú em estrada da Capital
DOURADOS
Panambi conquista invicto o tricampeonato Interdistrital
DOURADOS
Policia Militar apreende arma, drogas e 15 pessoas são presas durante a operação Proclamação da República
INTERNACIONAL
Os melhores hotéis do mundo

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados
DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’