Menu
Busca Domingo, 17 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
COMÉRCIO EXTERIOR

Açúcar, soja, carnes, ferro e manganês puxam exportações de MS

06 Setembro 2017 - 08h59

O crescimento nas exportações de açúcar, soja, carnes, minério de ferro e manganês fez com que o desempenho da balança comercial de Mato Grosso do Sul com o setor externo no mês de agosto de 2017 fosse três vezes maior em comparação ao mesmo período do ano passado. É o que revelam os dados da Carta de Conjuntura do Setor Externo divulgada nesta terça-feira, dia 05 de setembro, pela Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

De acordo com o documento, foi verificado um superávit de US$ 283 milhões no mês de agosto de 2017, bem superior aos US$ 88 milhões verificados em agosto de 2016. Com isso, Mato Grosso do Sul acumula de janeiro a agosto de 2017 um superávit de US$ 1,7 bilhão. Entre os principais responsáveis por esse resultado está o crescimento das exportações dos principais produtos em relação a janeiro a agosto de 2016, como: Soja (alta de 21%), Açúcar (alta de 70,75%) e Abate bovino e preparação de carnes (alta de 13%).

Na avaliação do secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, um dos desempenhos de destaque foi o do setor da mineração, com o minério de ferro registrando alta de 18% e o manganês uma elevação de 101% nas vendas externas. "Embora representem pouco na pauta do comércio exterior, houve uma melhora significativa nas exportações dos produtos de extrativismo mineral. É um movimento importante do mercado que ocorre num momento em que o Governo do Estado implantou a Câmara Setorial da Mineração e discute políticas para o setor", comenta Jaime Verruck.

Em termos de destino, a China ainda mostra-se como o principal parceiro comercial de Mato Grosso do Sul, com praticamente 40% dos valores exportados. Seguindo a tendência dos últimos meses, registra-se o crescimento da participação da Argentina nas vendas externas do Estado, com 6% do total, mantendo o país sul-americano como o segundo destino das exportações do Estado – tendo a soja e o minério de ferro e manganês como principais produtos.

Entre os municípios exportadores o destaque vai para Três Lagoas – embora a celulose acumule uma queda de 6% em relação a janeiro a agosto de 2016 – seguida por Campo Grande, com o Abate e Preparação de Carnes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD oferece 36 cursos de graduação pelo sistema do SISU
MESMO CRIME
Dois são condenados em processo envolvendo filho de desembargadora
PARCERIA
Investimentos do Governo do Estado em Caracol chegam a R$ 9,2 milhões
EDUCAÇÃO
Grupo da UEMS promove encontro brincante de férias em janeiro
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e pode pagar prêmio de R$ 43,5 milhões
FRONTEIRA
Dois jovens morrem em colisão envolvendo moto e caminhonete
FUTEBOL
Real Madrid bate o Grêmio é campeão do Mundial de Clubes da Fifa
MELHORIAS
Sicredi entrega doação para reforma do Lar do Idoso de Dourados
PEDRO JUAN
Dois homens são executados em ataque de pistoleiros na fronteira
TEMPO
Domingo de sol com aumento de nebulosidade em Dourados

Mais Lidas

2016
Polícia investiga possível homicídio em queda de avião no MS
HAYEL BON FAKER
Bilhete de pedágio “denuncia” e dupla é presa em Dourados após furto em Rio Brilhante
DOURADOS
Homem é preso após ser flagrado empurrando moto furtada
MANTIDO EM MS TAMBÉM
Governo mantém horário de verão para 2018, mas reduz tempo de duração