Menu
Busca quinta, 19 de abril de 2018
(67) 9860-3221

Abate de bovinos cresce 34% e MS passa a ser 2º no ranking nacional

16 dezembro 2012 - 13h40

O abate de bovino em Mato Grosso do Sul cresceu 34,5% no primeiro trimestre deste ano e fez o Estado ficar na 2ª posição do ranking nacional. Com 1,032 milhões de cabeças abatidas, MS saiu da terceira posição, que ocupava no mesmo período do ano passado, ultrapassou São Paulo, e já se aproxima de Mato Grosso, o atual primeiro colocado com 1.299 milhões de abates.

Os dados são da pesquisa de Produção Pecuária, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), e divulgada nesta quinta-feira (13).

O crescimento no Estado contribuiu para o recorde no índice de abate bovino em todo país, entre os meses de julho, agosto e setembro. Ao todo, foram abatidas 8,027 milhões de cabeças de bovinos, representando de 10,2% de aumento em relação ao mesmo período de 2011 e 5,0% em relação ao trimestre imediatamente anterior. Esse foi o número mais alto registrado pela Pesquisa Trimestral de Abate de Animais, que começou a ser divulgada em 1997.

De acordo com o levantamento, dois fatores contribuíram diretamente para o aumento: redução dos preços da carne bovina, média de 4,1%, e o aumento das exportações, em 16,7%. Mato Grosso do Sul ocupa a 4ª posição, com 11% das exportações de carne in natura.

Suínos e frangos – O Estado ainda registrou aumento de 14,9 no abate de suínos, com 315. 286 mil abates. No país, foram 9,493 milhões de cabeças de suínos abatidos, aumento de 7,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 4,7% frente ao mesmo período de 2011.

Já no que respeito aos frangos, houve redução de 8,5 e o Estado fechou o terceiro semestre com 35,131 milhões de abate. Em todo país, o índice fechou em 1,340 bilhão de cabeças, o que representa aumento de 5,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 0,7% frente ao mesmo período de 2011.

Leite, couro e ovos – A pesquisa ainda revela dados sobre a produção de derivados, como o couro, que registrou aumento de 30% no Estado.

No caso do ovo, MS teve aumento de 0,5%, com a produção de 8.688 mil ovos. Em todo país, a produção de ovos de galinha foi de 677,8 milhões de dúzias no 3º trimestre de 2012, um aumento de 4,2% sobre o mesmo período de 2011.

A quantidade de leite, adquirido e industrializado, teve média de 10% de aumento em Mato Grosso do Sul. A aquisição de leite cru, em todo país, correspondeu a 5,526 bilhões de litros, indicando aumentos de captação, tanto com relação ao 3º trimestre de 2011 (3,5%), quanto com relação ao 2º trimestre do ano corrente (5,6%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPORTE AÉREO
Demanda por voos domésticos tem melhor 1º trimestre desde 2015
SAUDÁVEL
Receita de panqueca leva banana, pasta de amendoim e calda de cacau
MAIOR RIGOR
Entra em vigor pena maior para motorista bêbado que mata em acidente
VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL
Prêmio Nacional de Educação Fiscal abre inscrições a partir de hoje
DOURADOS
PM realiza operação no trânsito, apreende 13 veículos e oito motocicletas
CINEMA
Cineclube UFGD inicia sessões de gratuitas no sábado
DOURADOS
No Dia do Exército, solenidade homenageia personalidades na 4ª Brigada
ARQUITETURA INTERNACIONAL
Paris ganhará vila vertical de madeira; veja fotos do projeto ousado
NORTE DO ESTADO
Homem que armazenava combustível irregularmente é multado pela PMA
COPA DO BRASIL
Inter e São Paulo entram em campo por vaga nas oitavas

Mais Lidas

ITAPORÃ
Mortos em troca de tiros após assalto eram de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Em comunicado, PCC convoca integrantes para “alerta geral”
TENSÃO EM MS
Presos tentam impedir pente-fino na PED, mas agentes fazem ‘limpa’
DOURADOS
Após invadir Ceim, dupla ameaça vigia de morte e rouba equipamentos