Menu
Busca Segunda, 22 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Abate de bovinos cresce 34% e MS passa a ser 2º no ranking nacional

16 Dezembro 2012 - 13h40

O abate de bovino em Mato Grosso do Sul cresceu 34,5% no primeiro trimestre deste ano e fez o Estado ficar na 2ª posição do ranking nacional. Com 1,032 milhões de cabeças abatidas, MS saiu da terceira posição, que ocupava no mesmo período do ano passado, ultrapassou São Paulo, e já se aproxima de Mato Grosso, o atual primeiro colocado com 1.299 milhões de abates.

Os dados são da pesquisa de Produção Pecuária, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), e divulgada nesta quinta-feira (13).

O crescimento no Estado contribuiu para o recorde no índice de abate bovino em todo país, entre os meses de julho, agosto e setembro. Ao todo, foram abatidas 8,027 milhões de cabeças de bovinos, representando de 10,2% de aumento em relação ao mesmo período de 2011 e 5,0% em relação ao trimestre imediatamente anterior. Esse foi o número mais alto registrado pela Pesquisa Trimestral de Abate de Animais, que começou a ser divulgada em 1997.

De acordo com o levantamento, dois fatores contribuíram diretamente para o aumento: redução dos preços da carne bovina, média de 4,1%, e o aumento das exportações, em 16,7%. Mato Grosso do Sul ocupa a 4ª posição, com 11% das exportações de carne in natura.

Suínos e frangos – O Estado ainda registrou aumento de 14,9 no abate de suínos, com 315. 286 mil abates. No país, foram 9,493 milhões de cabeças de suínos abatidos, aumento de 7,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 4,7% frente ao mesmo período de 2011.

Já no que respeito aos frangos, houve redução de 8,5 e o Estado fechou o terceiro semestre com 35,131 milhões de abate. Em todo país, o índice fechou em 1,340 bilhão de cabeças, o que representa aumento de 5,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 0,7% frente ao mesmo período de 2011.

Leite, couro e ovos – A pesquisa ainda revela dados sobre a produção de derivados, como o couro, que registrou aumento de 30% no Estado.

No caso do ovo, MS teve aumento de 0,5%, com a produção de 8.688 mil ovos. Em todo país, a produção de ovos de galinha foi de 677,8 milhões de dúzias no 3º trimestre de 2012, um aumento de 4,2% sobre o mesmo período de 2011.

A quantidade de leite, adquirido e industrializado, teve média de 10% de aumento em Mato Grosso do Sul. A aquisição de leite cru, em todo país, correspondeu a 5,526 bilhões de litros, indicando aumentos de captação, tanto com relação ao 3º trimestre de 2011 (3,5%), quanto com relação ao 2º trimestre do ano corrente (5,6%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
FMI eleva projeção de crescimento global e para o Brasil em 2018 e 2019
FMI eleva projeção de crescimento global e para o Brasil em 2018 e 2019
PROJETO
PEC garante aos municípios participação de 20% nos impostos a serem criados
PEC garante aos municípios participação de 20% nos impostos a serem criados
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e volta ao patamar de R$ 3,20
Dólar fecha em alta e volta ao patamar de R$ 3,20
CAPITAL
Vândalos saqueiam e depredam posto de saúde
AVISO
Até às 21h desta segunda-feira, alguns bairros podem ficar sem água
Comunicado é da Sanesul
DOURADOS
Prefeitura encaminha escrituração do Ginásio Municipal
COMBATE AO AEDES
CCZ notifica 17 imóveis por descumprir Lei da Dengue na região da Vila Sulmat
ECONOMIA
Estado abriu mais de seis mil empresas em 2017
OPORTUNIDADE
PM abre seleção para militares de MS atuarem na Força Nacional
PM abre seleção para militares de MS atuarem na Força Nacional
TEMPO
Semana começa quente e chuva deve retornar

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após veículo bater em árvore na Hayel
PONTA PORÃ
Veículo furtado no centro de Dourados capota na BR-463
BR-463
Após perseguição, homem é preso com 700 quilos de maconha
WEIMAR
Mineiro perde veículo ao estacionar no centro de Dourados