Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Dutra sugera suspensão para preservar radicais do PT

13 dezembro 2003 - 17h19

O ministro das Cidades, Olívio Dutra, fez hoje uma proposta alternativa para punir os chamados "radicais do PT", que estão sendo julgados neste final de semana, na reunião do Diretório Nacional do partido, em Brasília.Ele vai propor que, no lugar da expulsão, os parlamentares --a senadora Heloísa Helena (AL) e os deputados Babá (PA), João Fontes (SE) e Luciana Genro (RS)-- sejam suspensos por um ano, período no qual eles seriam avaliados pelo partido."Na medida em que a conduta for de cada vez mais respeito ao partido, a avaliação pode se tornar melhor. Se os antagonismos persistirem, a suspensão se transforma em uma expulsão. Mas tem de ter uma chance", disse Dutra, ao chegar ao hotel Blue Tree Park, onde acontece o encontro petista.Os parlamentares estão sendo julgados por terem ficado contra o governo na votação das reformas tributária e da Previdência no Congresso Nacional.A reunião do Diretório do PT está sendo marcada por várias manifestações a favor e contra a expulsão dos radicais. O grupo denominado "Amigos da Heloísa Helena" chegou ao local com um carrinho de mão contendo 22 mil assinaturas contra a expulsão da senadora. Outro grupo colocou uma faixa na frente da entrada do local da reunião com os dizeres: "Opinião, sim. Desrespeito, não."Representantes do chamado "Grupo dos 30", formado por deputados federais mais à esquerda do partido, chegaram com uma bandeira branca repleta de assinaturas contra a expulsão. No pano está escrito: "Coerência, PT. Expulsar, por quê?"O julgamento dos radicais deverá acontecer amanhã, quando os 81 integrantes do diretório votarão a favor ou contra a expulsão. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que também é membro do Diretório, deve participar da reunião amanhã à tarde.A reunião também servirá para fazer uma avaliação das políticas econômica, social e externa do primeiro ano do governo Lula. Vários ministros participam do encontro nesta manhã, entre eles José Dirceu (Casa Civil), Antônio Palocci (Fazenda) e Celso Amorim (Relações Exteriores). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

A DONA DO PEDAÇO
Chiclete descobre bomba sobre Vivi
JULHO AMARELO
Saúde desenvolve campanha sobre IST e Hepatites Virais em Dourados
SIDROLÂNDIA
Guarda noturno atira contra homem e o fere na boca e costas
FRONTEIRA
Veículo furtado que seria trocado por droga no Paraguai é recuperado
JUSTIÇA
Corretor é condenado a repassar R$ 45 mil de comissão de corretagem
DOURADOS
Homem é preso tentando furtar envelope com R$ 3,8 mil de cliente de banco
Iluminação Pública
Mesmo com cobrança suspensa, prefeitura prevê R$ 18 milhões com Cosip em 2020
BRASIL
PIB recua 0,8% no trimestre encerrado em maio, diz FGV
DEBATE
Audiência no dia 22 trata de projeto que extingue cargos indígenas
DOURADOS
Recapeamento na rua Cuiabá ‘trava’ em trecho de 10 quadras

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação