Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
RURAL

Dourados foi terceiro maior produtor de milho segunda safra no Estado

30 setembro 2019 - 09h52Por André Bento

Dourados figura como terceiro maior produtor de milho segunda safra em Mato Grosso do Sul neste ano. De acordo com os dados consolidados pelo setor produtivo, nos 154.468,28 de hectares cultivados no município, foram colhidas 900.247,53 toneladas do grão, com produtividade média de 97,1 sacas (5.828,04 quilos) por hectare.

No mais recente boletim casa rural divulgado pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), a produção estadual totalizou 12.156.976,37 toneladas. As máquinas colheram em 2.173.294,78 de hectares a média de 93,23 sacas (5.593,80 quilos) por hectare.

Em território sul-mato-grossense, a Maracaju é o maior produtor do grão. Os produtores do município plantaram 254.989,56 de hectares e colheram a média de 99,2 sacas (5.949,40 quilos) por hectare, com produção total de 1.517.034,71 toneladas.

Sidrolândia, que colheu 1.058.704,59 toneladas, é o segundo do ranking. Nos 182.287,07 de hectares cultivados, as máquinas obtiveram produtividade média de 96,8 sacas (5.807,90 quilos) por hectare.

Depois de Dourados, encerram a lista dos cinco maiores produtores estaduais Ponta Porã (884.687,20 toneladas colhidas em 172.333,74 de hectares, média de 85,6 sacas - 5.133,57 quilos por hectare), e São Gabriel do Oeste (643.187,81 toneladas em 89.484,15 de hectares, média de 119,8 sacas - 7.187,73 quilos por hectare).

O solo mais produtivo de Mato Grosso do Sul para essa cultura foi o de Alcinópolis, onde o milho segunda safra rendeu 133,8 sacas por hectare, em média, o equivalente a 8.026,20 quilos por hectare. Nesse município, a área cultivada foi de 5.202,39 de hectares e a produção atingiu 41.755,38 toneladas.

Segundo a Famasul, a produtividade média ponderada no Estado foi de 93,23 sacas por hectare, com destaque para a região Norte (113,20 sacas por hectare), seguida pela Sul (90,60 sacas por hectare) e pela Centro (90,30 sacas por hectare).

“Mato Grosso do Sul comercializou até 23 de setembro 53,97% da safrinha 2019. Praticamente o mesmo índice registrado em igual período da safra 2018”, detalha a Federação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Testemunhas escutam tiros e encontram homem executado na fronteira
IMORTAL
Sul-maro-grossense é indicado para Academia Brasileira de Educação Física
BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto

Mais Lidas

DOURADOS
Encontrado morto na PED dividia cela com 18 internos em ala comandada por facção
TRÂNSITO
Bêbado invade preferencial e deixa família ferida em Dourados
ENCOMENDADA
Quadrilha desarticulada tinha ordem de facção para roubar seis motos em Dourados
PURIFICAÇÃO
Preso, ex-secretário de Saúde é exonerado do cargo de coordenador do Samu