Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Dono de fazenda invadida por índios vai pedir de reintegração

23 dezembro 2003 - 10h58

O advogado Osmar Silva, que representa o proprietário da fazenda Agrolac, Pedro Fernandes Souza, invadida por mais de mil índios, nesta segunda-feira, vai entrar com o pedido de reintegração de posse junto a Justiça Federal ainda hoje. A fazenda fica próxima a rodovia MS-299, entre as cidades de Japorã e Iguatemi, região sul do Estado.Segundo o advogado, foi registrada queixa na delegacia de Policia Civil de Mundo Novo e nesta tarde vai entrar com o pedido de reintegração de posse.Os índios reivindicam a demarcação da área indígena, principalmente na fazenda Acrolac, na divisa com a aldeia Porto Lindo. Eles protestam desde o último dia 18, quinta-feira da semana passada. Eles querem a ampliação da aldeia Porto Lindo, que atualmente é de 1.600 hectares, para aproximadamente 9.470 hectares, incluindo a área Yvy- Catu, que pertence a fazendeiros da região. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Cuidadora é presa após assalto que terminou em morte de médico de 93 anos
TST
Petroleiros fecham acordo com a Petrobras e encerram greve de 20 dias
JARDIM
Armado, homem ameaçava enteada de 8 anos para estuprá-la
UEMS
Mestrado Profissional em Ensino em Saúde abre inscrições em Dourados
ECONOMIA
Associações pedem que Reinaldo revogue aumento do ICMS da gasolina
CAMPO GRANDE
Mulher é presa após xingar idoso e bater na vizinha com mangueira
BATAYPORÃ
Chuva de 90 milímetros coloca cidade de MS em situação de emergência
FOLGA
Bolsonaro passa o carnaval em unidade do Exército no Guarujá
CAPITAL
Major da PM que matou ex-namorado foi agredida e ficou em cárcere
ECONOMIA
Projeto Maracujá Agroecológico começa a dar resultado a produtores

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia