Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Dólar comercial fecha em queda cotado a R$ 3,105

19 agosto 2002 - 15h52

O dólar comercial finalizou os negócios cotado a R$ 3,10 na compra e a R$ 3,105 na venda, com depreciação de 0,64% ante o fechamento de sexta-feira. Durante o dia, a divisa oscilou entre a máxima de R$ 3,16 e a mínima de R$ 3,06 - ambas na ponta vendedora.
O movimento foi patrocinado pelo resultado do encontro entre o presidente Fernando Henrique Cardoso e o candidato à sucessão, Ciro Gomes. O presidenciável afirmou que, caso eleito, seu governo honrará as dívidas, manterá a estabilidade monetária e cumprirá a meta de superávit primário de 3,75% do Produto Interno Bruto (PIB), fixada na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e no acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI).
Ciro Gomes considerou ser inevitável o acordo de US$ 30 bilhões com o FMI, em meio à crise econômica que o País atravessa. O candidato, no entanto, não comprometeu-se a seguir os termos do acordo. Além disso, os investidores repercutem com otimismo a escolha do professor da Universidade de Princeton, José Alexandre Scheinkman, para integrar a equipe econômica de Ciro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia
REGIÃO
Polícia localiza mocó de maconha e prende dois em Ivinhema
ESPORTES
Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”
TOQUE DE RECOLHER
Mais de 200 são flagrados nas ruas de sexta para sábado na Capital
GOVERNO
Acordo prevê no máximo 20 dias para análise de auxílio emergencial
UEMS
Estudantes de MS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus
PANDEMIA
Primeiro caso de Covid-19 em Aquidauana pegou o vírus na Capital
JUSTIÇA
STF aprova mais 5 anos para adesão a acordo de planos econômicos
MONITORAMENTO
MS fica em 3º lugar no ranking de transparência nas informações sobre o coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown