Menu
Busca domingo, 16 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Dólar comercial despenca e fecha cotado a R$2,791

12 janeiro 2004 - 16h57

O dólar comercial fechou esta segunda-feira na cotação mais baixa dos últimos 18 meses, animado com a forte demanda pela emissão soberana brasileira e aliviado com a atuação suave do Banco Central no câmbio.A divisa norte-americana terminou o dia em forte queda de 1,45 por cento, vendida a 2,791 reais, o menor nível desde 24 de junho de 2002, antes da disparada ocorrida às vésperas das eleições presidenciais.O Brasil emitiu nesta segunda-feira 1,5 bilhão de dólares em bônus global de 30 anos. Além do prazo longo, o apetite do mercado pelos papéis também surprendeu os investidores. Segundo operadores, a demanda pelos bônus superou 7 bilhões de dólares.A forma de ação adotada pelo Banco Central no mercado cambial --com leilões de compra de dólar para recompor as reservas internacionais-- também agradou ao mercado e contribuiu para a desvalorização da moeda norte-americana.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Maconha que seria levada para o Ceará é apreendida em MS
CONTRABANDO
PRF apreende de 2 toneladas de agrotóxicos escondidos em carga de leite
SAÚDE
Cai para três número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil
CORUMBÁ
Escolas de samba realizam pré-desfile neste domingo
CAMPEÃO
Trio decide, Flamengo domina o Athletico-PR e conquista a Supercopa
DROGAS
Duas mulheres são presas por tráfico em ônibus que passava por Dourados
INTERNACIONAL
Número de casos de coronavírus em navio no Japão chega a 355
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
FUTEBOL
Governo lança projeto para promover direitos humanos no esporte
PONTA PORÃ
Leitura entre detentos é estimulada com a doação de livros a presídio

Mais Lidas

VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
HARRISON DE FIGUEIREDO
Adolescente é detido e jovem é presa por tráfico, receptação e posse
DOURADOS
Dupla é presa por porte e posse ilegal de arma de fogo
FURTOS
Ladrões fazem “arrastão” e levam motos em Dourados