Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Dois aviões vão combater incêndio no Parque do Ivinhema

14 agosto 2002 - 08h34

Duas aeronaves estão se deslocando para o Parque Estadual da Várzea do Ivinhema para iniciar, por volta das 10h30, o combate aéreo ao fogo, que começou na última sexta-feira.
Segundo o secretário de Meio Ambiente, Márcio Portocarrero, os aviões estão sendo locados pelo governo e estão saindo de Dourados e São Gabriel do Oeste.
O combate vinha sendo feito só por brigadas terrestres, mas foi necessária a intervenção aérea.
O Parque fica na divisa de Mato Grosso do Sul com o Paraná. É uma das últimas regiões nativas de várzea às margens do rio Paraná. Tem 73 mil hectares. Apenas 60 voluntários, bombeiros e policiais de municípios vizinhos trabalham no combate ao fogo.
O que dificulta o trabalho é que começou a ventar e o vento empurra as chamas que se alastram rapidamente. Pior, não chove forte na região há muito tempo. O capim está muito seco e queima facilmente.
A fumaça é tanta que mal dá para respirar. Sem equipamentos os voluntários sofrem com o calor. Máquinas abrem aceiros, que são essas ruas no meio do pasto para tentar barrar o avanço do fogo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”
TOQUE DE RECOLHER
Mais de 200 são flagrados nas ruas de sexta para sábado na Capital
GOVERNO
Acordo prevê no máximo 20 dias para análise de auxílio emergencial
UEMS
Estudantes de MS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus
PANDEMIA
Primeiro caso de Covid-19 em Aquidauana pegou o vírus na Capital
JUSTIÇA
STF aprova mais 5 anos para adesão a acordo de planos econômicos
MONITORAMENTO
MS fica em 3º lugar no ranking de transparência nas informações sobre o coronavírus
COVID-19
Com mil mortes por dia, Brasil ainda não chegou ao pico da epidemia
ACIDENTE
Colisão entre carros termina em capotamento em Avenida de Coxim
DIÁRIO OFICIAL
Ministério da Justiça cria órgão para gerir fundo de segurança pública

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown