Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221

Doente mental e sua refém morrem em tiroteio na Bahia

14 agosto 2002 - 11h36

O ex-interno Ednaldo Jesus Andrade, 22 anos, matou a assistente social Magali Bittencourt após mantê-la refém por quase 24 horas na Comunidade de Atendimento Sócio Educativo (Case). Em seguida, Ednaldo foi morto por policiais militares que invadiram o local. A refém ainda chegou a ser levada para o Hospital São Rafael, mas não resistiu ao ferimento.
De acordo com a assessoria do hospital, Magali recebeu um tiro próximo ao peito e, quando recebeu o primeiro atendimento, tinha poucas chances de vida. A assistente social deu entrada na emergência às 7h20 e morreu por volta das 9 horas. Ainda não se sabe se o tiro que atingiu a assistente social foi disparado pela polícia ou pelo seqüestrador.
Ednalvo também morreu hoje pela manhã, numa ação da Polícia iniciada com o lançamento de uma bomba de efeito moral, seguida de tiros.
O Comando da Polícia Militar da Bahia informou que a ordem para invadir a unidade partiu depois que o ex-interno atirou contra a refém. A polícia defende a invasão do local do crime após o criminoso começar a eliminar vítimas.
O rapaz, que ficou preso na Case durante três anos pelo assassinato dos avós e estava em liberdade há quase um ano, chegou armado na unidade por volta das 8 horas de ontem e abordou a assistente social quando ela entrava para o trabalho. No tempo que permaneceu na instituição, Ednaldo dizia ter se apaixonado pela funcionária e que pretendia morar com a moça assim que fosse libertado.
Homens do Batalhão de Táticas Especiais cercaram o local e junto do secretário de Trabalho e Ação Social, Jardisvaldo Batista, e diretores da Case, iniciaram a negociação com Ednaldo.
O rapaz dizia ter uma grande paixão por Magali e, mesmo que ela fosse solta, ele iria se suicidar. Ednaldo sofria de problemas psiquiátricos e fazia tratamento na própria instituição.


Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Pintor acusado de estuprar irmãs e agredir bebê é indiciado por 6 crimes
DOURADOS
Polícia investiga morte de bebê logo após parto em Dourados
CEARÁ
Sobe para cinco o número de morto no desabamento de Fortaleza
TEMPORAL
Vendaval destelharam cerca de 50 casas em Ribas do Rio Pardo
APROVADOS
Agepen publica quadro de vagas para lotação de agentes penitenciários
MIRANDA
Ambiental recolhe filhote de cateto em sede de propriedade rural
PLANALTO
Carlos Bolsonaro pede desculpas por fazer post no Twitter do pai
GUIA LOPES
Após morte de criança por overdose, ação da polícia prende sete
SOLIDARIEDADE
Família faz vaquinha para tratamento de menina com síndrome rara
FUTEBOL
Final da Libertadores de 2020 será no estádio do Maracanã

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira