Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Diretor de hospital em Bela Vista renuncia ao cargo

10 março 2005 - 09h31

O diretor do hospital em Bela Vista, Jorge de Souza Rosa, renunciou ao cargo. Ele havia sido nomeado interventor da clínica no início do mês, atendendo determinação do juiz Caio Márcio de Brito. Conforme seu advogado, Marcos Almieri, a carta pedindo o afastamento da função foi entregue esta manhã. Com isso os problemas do único hospital do município ficam ainda mais graves. Nesta quinta-feira os 72 funcionários da clínica iniciaram greve e agora o local fica sem administrador. Jorge assumiu o cargo no dia 2 de março para substituir o Celso de Oliveira Corrêa, atendendo reivindicações dos funcionários, que já naquela época ameaçam parar o atendimento. Logo que assumiu, Jorge, que é advogado, já havia dito que não se sentia em condições de dar uma solução a crise na saúde. Apesar disso o interventor pediu à Prefeitura a instauração de uma auditoria nas contas para saber como resolver a situação. Até o momento nada havia sido feito. Os 72 funcionários do hospital São Vicente de Paula estão sem receber os salários referentes as folhas de dezembro de 2004, janeiro deste ano e ainda o 13º. A dívida é de R$ 112 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEFESA
Major que atirou na cabeça do ex-namorado tinha medida protetiva
OPERAÇÃO LOBO GUARÁ
UEMS é selecionada para participar do Projeto Rondon em 2020
CAPITAL
Diarista cai em buraco na calçada, machuca perna e fica sem trabalhar
STF
Ex-sócio da Telexfree é preso pela PF e pode ser extraditado aos EUA
TRÊS LAGOAS
Técnico de enfermagem apanha em UPA e aciona a polícia
SAÚDE
Brasil monitora apenas um caso suspeito do novo coronavírus
NAVIRAÍ
Por dinheiro, policial facilitava entrada de celulares e droga em presídio
POLÍTICA
Nelsinho Trad oficializa pedido para reativar Parlamento Amazônico
CAMPO GRANDE
Durante discussão, major da PM atira contra o ex-namorado
TENTATIVA
Petroleiros suspendem greve após 20 dias para negociar acordo

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia