Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Diretor da Unei de Três Lagoas afastado temporariamente

19 dezembro 2003 - 16h17

O diretor da Unei (Unidade Educacional de Internação) de Três Lagoas, Mamede João da Silva, foi afastado temporariamente até as investigações sobre irregularidades em sua administração sejam concluídas.Não foi divulgado quem teria afastado o diretor ou se ele mesmo pediu o afastamento. O Sintess (Sindicato dos Trabalhadores da Seguridade Social), que formulou a denúncia, disse que de manhã, o diretor entregou as chaves para um supervisor informando que não iria a Unidade por algum tempo.O Ministério Público Estadual confiscou esta semana o livro de registro de ocorrências da Unei (Unidade Educacional de Internação) de Três Lagoas para investigar possíveis irregularidades na administração.O promotor Celso Botelho acatou a denúncia do Sintess, que acusa Mamede João da Silva de estar beneficiando internos, com saídas de adolescentes considerados de alta periculosidade, além de deixar que alguns funcionários não cumpram horários e de estar colocando os internos contra os agentes.O diretor da Unei nega todas as acusações afirmando que provará que todas as acusações são falsas.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÂNSITO
Agepan fiscaliza e orienta motoristas sobre prática de carona amiga
SOBREMESA FÁCIL
Receita de Mousse de chocolate com 1 ingrediente
DOURADOS
Seminário de Conscientização do uso abusivo de Drogas acontece nos dias 26 e 27
ESTADOS UNIDOS
Trump lança campanha para a sua reeleição nos EUA
LEGISLATIVO
Deputados votam na AL, projetos de representação à Câmara dos Deputados
POLÍCIA
Adolescente volta a ser apreendido por tráfico em Dourados
RODA DE CONVERSA
Encontro reúne pessoas com ideias inovadoras hoje em Dourados
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 125 milhões amanhã
ECONOMIA
Exportações industriais de MS ultrapassam US$ 1,5 bilhão em cinco meses
COPA AMÉRICA
Brasil encara Venezuela por vaga nas quartas de final

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos
PONTA PORÃ
Mulher grávida é assassinada com 4 tiros na região de fronteira