Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Direção abre a Máxima da Capital para desmintir "greve de fome"

09 dezembro 2003 - 18h17

A direção do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima “abre” o local à imprensa para mostrar que a greve de fome que os presos estariam fazendo desde ontem seria uma armação. O presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários, Fernando Anunciação, informou que irá mostrar nas celas que há comida estocada.Sobre as denúncias de familiares de que 10 presos teriam sido agredido por policiais militares durante pente-fino realizado na sexta-feira, Anunciação negou violência. Ele também negou a falta de produtos de higiene pessoal, como familiares de presos também teriam dito.A greve de fome teria sido conduzida pelo detento José Severino da Silva, 33 anos, conhecido como “Cabecinha”. Ele seria ligado ao PCC.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Qualis da Revista Interletras da Unigran agora é A4
ECONOMIA
Começa hoje sexta reunião do ano do Copom; Selic deve cair 0,5 ponto
PONTA PORÃ
Homem é baleado no abdômen após agredir mulher em bar
PREVENÇÃO
Suicídio e violência na população LGBTs+ é tema de seminário em Dourados
POLÍTICA
Prefeitos de MS farão nova ‘via sacra’ a Brasília em busca de apoio
CORUMBÁ
Corpo de idoso é encontrado em avançado estado de decomposição
TEMPO
Terça-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SHOWBIZZ
Morando nos EUA Sue Lasmar compra casa para se defender de furacão
CAMPO GRANDE
Motociclista fica ferido ao ser atingido no pescoço por linha chilena
UEMS
Inscrições para Transferência Externa começam nesta segunda-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Carro roleta Marcelino, bate em moto e deixa jovem ferida
EMPREENDENDO NO BAIRRO
Distante 8 km do Centro, moradores do Parque II só sentem falta de lotérica no comércio do bairro
FRONTEIRA
Empresário brasileiro atacado por pistoleiros não resiste a ferimentos e morre
IVINHEMA
Pescador encontra cadáver às margens de rio e informa a Polícia