Menu
Busca quarta, 26 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Direção abre a Máxima da Capital para desmintir "greve de fome"

09 dezembro 2003 - 18h17

A direção do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima “abre” o local à imprensa para mostrar que a greve de fome que os presos estariam fazendo desde ontem seria uma armação. O presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários, Fernando Anunciação, informou que irá mostrar nas celas que há comida estocada.Sobre as denúncias de familiares de que 10 presos teriam sido agredido por policiais militares durante pente-fino realizado na sexta-feira, Anunciação negou violência. Ele também negou a falta de produtos de higiene pessoal, como familiares de presos também teriam dito.A greve de fome teria sido conduzida pelo detento José Severino da Silva, 33 anos, conhecido como “Cabecinha”. Ele seria ligado ao PCC.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Bolão de Dourados leva mais de R$ 1 mi na Quina de São João
NOVA ANDRADINA
Irmãos são presos com R$ 2,7 mil em notas falsas compradas via web
SUL DE MS
Polícia recupera veículo após tentativa de fuga de motorista
DOURADOS
Délia vai à delegacia registrar queixa por calúnia nas redes sociais
CRIME AMBIENTAL
Dono de mineradora de areia é multado por degradar área protegida
DOURADOS
TJ suspende sessão que julgaria Idenor Machado
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda de olho em Previdência e à espera do G20
MATO GROSSO DO SUL
Governo encaminha à Assembleia dois projetos com alterações de leis estaduais
VIAGEM
Inverno na Serra Gaúcha: dicas do grupo Casa da Montanha #ad
TRÁFICO
Mais de doze toneladas de entorpecentes são incinerados em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
FRONTEIRA
Homem assassinado em estacionamento de shopping é ex-policial
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa
DOURADOS
Homem escapa de tiros na Vila Toscana; ex-namorada e o atual dela seriam os autores