Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Dirceu Lanzarini diz que esporte e lazer estão em alta no MS

17 março 2005 - 10h37

A construção de centros populares de esporte e lazer que estão sendo construídos em várias cidades do Estado foi apontado pelo secretário da Juventude e do Esporte e Lazer do Mato Grosso do Sul, Dirceu Lanzarini como uma das molas propulsoras do esporte. Lanzarini este palestrando há pouco para os cronistas esportivos que participam do 31º Congresso Brasileiro da categoria que está acontecendo em Corumbá. De acordo com o secretário as ações governamentais aliadas ao trabalho dos treinadores, orientadores e atletas estão fazendo com que  surjam novos atletas e até mesmo a cultura da prática esportiva. Lazarini participa desde ontem do evento que termina no próximo sábado. Cerca de 150 jornalistas e cronistas esportivos estão participando do evento. (Antonio Coca de Corumbá)

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Pai que matou filho afogado também responderá por tentativa de homicídio
NOVO PADRÃO
Termina prazo extra para placa do Mercosul entrar em vigor no Brasil
PARAGUAI
Justiça solta 4 agentes penitenciários presos após fuga de 76 detentos
BRASIL
PF encontra mensagens com ameaças a ministros do Supremo
CAPITAL
Polícia identifica marca em touro descontrolado e tenta rastrear dono
UFGD
Seminário de Literatura e Arte Contemporânea acontece em abril
PARANAÍBA
Carreta é encontrada em chamas e polícia investiga ação criminosa
POLÍTICA
Bolsonaro diz que espera enviar reforma administrativa esta semana
FRONTEIRA
Pistoleiros do PCC são suspeitos de envolvimento na execução de jornalista
EDUCAÇÃO
MEC busca alternativa para voltar a emitir carteira de estudante

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei