Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Dirceu fala em redução de gastos e demonstra apoio a Jucá

24 março 2005 - 16h53

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, anunciou hoje, durante solenidade no Palácio do Planalto em que foram anunciadas medidas para melhorar o desempenho da Previdência, que 2005 será um ano "da eficiência da máquina pública e da redução dos gastos". Segundo ele, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, já está preparando medidas de eficiência e controle das compras e dos gastos públicos. "O país não pode reduzir gastos sociais, mas pode economizar bilhões e bilhões no combate à fraude e à sonegação", disse Dirceu.

O ministro ainda afirmou que é objetivo do governo melhorar a eficiência e a gestão da máquina pública. "Só na Previdência nós estamos falando de R$ 20 bilhões", disse, referindo-se à meta de redução do déficit em 2005 e 2006. "O Ministério da Educação não tem R$ 14 bilhões de orçamento", afirmou a título de comparação. "Então, estamos falando de números assustadores".

Durante o evento, ele fez questão de deixar claro o apoio do Palácio do Planalto e da área Econômica do governo às medidas de redução do déficit da previdência anunciadas pelo ministro Romero Jucá. "O presidente Lula, quando determinou que nós três - Dirceu, Bernardo e Antonio Palocci, da Fazenda - acompanhássemos o ministro Jucá nesta solenidade, foi para deixar claro para a sociedade que Jucá terá o apoio de todo o governo", afirmou. "É obrigação dos ministérios afins atuarem apoiando esses objetivos da Previdência".

"O ministro Jucá pode trabalhar com determinação, porque nós estaremos dando retaguarda a esse trabalho", reforçou. O próprio Jucá disse, ao comentar a possibilidade de eventuais resistências enfrentadas por seu antecessor no cargo, que foi indicado para tornar realidade a incumbência dada pelo governo de arrumar a Previdência. "E vou tornar realidade", prometeu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
Lucas é o quarto eliminado do BBB20, com 62,62% dos votos
NOVA ALVORADA
Homem que apanhou de prefeito é solto após amigos pagarem fiança
POLÍTICA
Câmara decreta ponto facultativo no Carnaval e adianta sessão ordinária
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 170 milhões nesta quarta-feira
OPORTUNIDADE
Correios realiza leilão de bens e veículos nesta quarta-feira
CAPITAL
Homem é baleado por desafeto ao buscar filho na casa de cuidadora
EDUCAÇÃO
Rede Estadual de Ensino inicia ano letivo de 2020 nesta quarta-feira
DOURADOS
Alunos do Sesi Dourados vão representar MS na “Fórmula 1 in Schools”
TRAGÉDIA
Colisão entre carro e carreta mata três pessoas na MS-276
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros