Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Dirceu fala em redução de gastos e demonstra apoio a Jucá

25 março 2005 - 09h49

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, anunciou hoje, durante solenidade no Palácio do Planalto em que foram anunciadas medidas para melhorar o desempenho da Previdência, que 2005 será um ano "da eficiência da máquina pública e da redução dos gastos".
Segundo ele, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, já está preparando medidas de eficiência e controle das compras e dos gastos públicos. "O país não pode reduzir gastos sociais, mas pode economizar bilhões e bilhões no combate à fraude e à sonegação", disse Dirceu.
O ministro ainda afirmou que é objetivo do governo melhorar a eficiência e a gestão da máquina pública. "Só na Previdência nós estamos falando de R$ 20 bilhões", disse, referindo-se à meta de redução do déficit em 2005 e 2006. "O Ministério da Educação não tem R$ 14 bilhões de orçamento", afirmou a título de comparação.
"Então, estamos falando de números assustadores". Durante o evento, ele fez questão de deixar claro o apoio do Palácio do Planalto e da área Econômica do governo às medidas de redução do déficit da previdência anunciadas pelo ministro Romero Jucá. "O presidente Lula, quando determinou que nós três - Dirceu, Bernardo e Antonio Palocci, da Fazenda - acompanhássemos o ministro Jucá nesta solenidade, foi para deixar claro para a sociedade que Jucá terá o apoio de todo o governo", afirmou.
 "É obrigação dos ministérios afins atuarem apoiando esses objetivos da Previdência". "O ministro Jucá pode trabalhar com determinação, porque nós estaremos dando retaguarda a esse trabalho", reforçou.
O próprio Jucá disse, ao comentar a possibilidade de eventuais resistências enfrentadas por seu antecessor no cargo, que foi indicado para tornar realidade a incumbência dada pelo governo de arrumar a Previdência. "E vou tornar realidade", prometeu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 114 mortes por coronavírus em 24 horas e chega a 667
DOURADOS
Suplente de Braz consegue derrubar afastamento no TJ
COTAÇÃO
Dólar recua, mas fecha acima de R$ 5,20
TRÁFICO DE DROGAS
Maconha e skunk que seriam entregues em São Paulo são apreendidos em MS
BATALHA JURÍDICA
Braz recorre ao STJ para suspender decisão que pode lhe custar o mandato na Câmara
DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
MATO GROSSO DO SUL
Um terço das pessoas em monitoramento no Estado estão internadas
CAMPO GRANDE
Sobrinho sente mau cheiro em casa e encontra corpo de tio desaparecido desde sexta
BRASIL
STF: estados têm 72 horas para apresentar ações de combate à covid-19
CUIDADOS
Hospital Cassems de Nova Andradina prepara estrutura especial para receber beneficiários durante a pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida