Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221

Derrota no TJ leva MPE a avaliar Adin contra taxa de luz

09 dezembro 2003 - 18h05

As decisões contrárias no Tribunal de Justiça a ações deferidas por juízes contra a cobrança da taxa de iluminação pública levou a procuradora Marigô Bittar a encaminhar pedido ao procurador-geral de Justiça, Sérgio Morelli, para que ajuíze uma Adin (ação direta de inconstitucionalidade) contra a cobrança da taxa de iluminação.Marigô explicou que desde novembro, como procuradora, por mais de uma vez defendeu ações civis impetradas por promotores nos municípios em que o TJ decide contra as ações e a favor das prefeituras. Segundo ela, o argumento é que tal contestação não caberia em ação civil mas em ações individuais apresentadas por consumidores. Diante deste quadro, a procuradora justifica que o ideal é tentar contestar a constitucionalidade da lei da Cosip, a taxa de iluminação.Em vários municípios o Ministério Público apresentou ações civis; em Campo Grande não chegou a haver recurso na Justiça pelo MPE. Somente o PT municipal recorreu mas o TJ rejeitou a ação alegando que o diretório municipal não tinha competência para contestar a lei, como tem a Procuradoria de Justiça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136
COVID-19
Estado confirma mais cinco casos de coronavírus; Dourados segue com dois
INTERNACIONAL
Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação contra aftosa será mantido
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS