Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Deputados ainda votam para dois cargos na mesa amanhã

15 fevereiro 2005 - 15h07

A eleição da Mesa Diretora da Câmara ainda não está encerrada. Os cargos de 1º vice-presidente e 4º secretário só serão definidos amanhã, em segundo turno, a partir das 15 horas, no plenário da Câmara. Para o cargo de 1º vice-presidente, continuam na disputa os deputados do PFL José Thomaz Nonô (AL) e César Bandeira (MA). No primeiro turno, a diferença entre os dois parlamentares foi de apenas um voto. José Thomaz Nonô, o candidato oficial do partido, obteve 194 votos; e o candidato avulso, César Bandeira, conquistou 193. Para o cargo de 4º secretário, os deputados do PL Edmar Moreira (MG) e João Caldas (AL) voltam a se enfrentar nas urnas. A votação dos dois parlamentares no primeiro turno foi a seguinte: Edmar Moreira, o candidato oficial, obteve 239 votos. O candidato avulso, João Caldas, 228.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Quatro cidades recebem atendimento com programa ‘Cassems Itinerante’
EDUCAÇÃO
MEC divulga nesta terça o resultado da segunda chamada do ProUni
SIDROLÂNDIA
Defesa atesta insanidade e homem que matou esposa será internado
DOURADOS
Pregão para fornecimento de refeições no RU da UFGD será hoje
POLÍTICA
Câmara dos Deputados faz sessão para analisar MP do crédito rural
ANGÉLICA
Homem diz que estava indo matar rival ao ser preso com faca e revólver
TEMPO
Terça-feira de sol com aumento de nebulsidade em Dourados
CAPITAL
Pai que matou filho afogado também responderá por tentativa de homicídio
NOVO PADRÃO
Termina prazo extra para placa do Mercosul entrar em vigor no Brasil
PARAGUAI
Justiça solta 4 agentes penitenciários presos após fuga de 76 detentos

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros