Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Deputado cobra recuperação da rodovia BR 463

25 fevereiro 2005 - 10h14

O deputado estadual Zé Teixeira (PFL) está cobrando do governo estadual a urgente recuperação da rodovia BR 463, que liga os municípios de Dourados a Ponta Porá. O deputado alega que os produtores rurais da região do Guaíba, no município de Ponta Porá, estão tendo dificuldade de escoar a safra agrícola em decorrência do péssimo estado de conservação da estrada, levando em consideração principalmente o aumento considerável na área plantada. Na tentativa de solucionar o problema, o líder da bancada ruralista na Assembléia pediu apoio ao secretário Paulo Duarte (Infra-Estrutura) e ao diretor-presidente da Agesul, Carlos Longo. No começo do mês, o governador Zeca do PT prometeu investir este ano R$ 130 milhões em obras com os recursos da arrecadação do Fundersul (Fundo do desenvolvimento Rodoviário de Mato Grosso do Sul). Ele também pediu providências na recuperação da estrada vicinal que liga o Distrito de Piraporã a Rio Brilhante, para que os produtores possam fazer a retirada de sua produção.O deputado explica que a estrada corta várias localidades, passando pelo acesso ao Distrito de Bocajá, em Douradina, atendendo também a dezenas de propriedades rurais que produzem arroz irrigado na região, sendo essencial em alguns trechos à realização de pelo menos o nivelamento do leito da estrada para permitir o trafego de caminhões.O governo também está sendo cobrado pelo parlamentar à providenciar a restauração da  MS-278, com patrolamento e encascalhamento, cuja estrada liga a BR-163, na região do Campinho, ao município de Fátima do Sul, passando pelo Distrito de Cristalina.Em sua justificativa, Zé Teixeira assinala que a recuperação da rodovia MS-278 é de extrema necessidade, por está em péssimas condições de trafegabilidade devido ás últimas chuvas que caíram na região.“Com a chegada da colheita da soja, as obras de patrolamento e encascalhamento da estrada tornam-se imprescindíveis para que os produtores da região possam realizar o escoamento da safra, sem aumentar os prejuízos e os transtornos com o conserto e manutenção de veículos constantemente quebrados, uma vez que já enfrentam a situação econômica de risco em virtude do atual preço de mercado do produto”, observa o deputado em sua indicação protocolada na Mesa Diretora da Assembléia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
CAMPO GRANDE
Imasul mantém fechado Parque das Nações e Unidades de Conservação Estaduais
PANDEMIA
Apenas Acre e Tocantins não registram mortes por Covid-19 no Brasil
NOVA ANDRADINA
Três homens são presos transportando drogas do MS para Belo Horizonte
PANDEMIA
Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de covid-19
NAVIRAÍ
Líderes religiosos se reúnem para pedir fé a população durante a pandemia
CAMPO GRANDE
PM realiza ações de prevenção ao COVID-19 com limpeza e desinfecção de pelotões
ECONOMIA
Programa para financiar salários de pequenas e médias empresas é criado e aguarda regulamentação
ÁGUA CLARA
Dois jovens são presos por infringir o toque de recolher em MS
CORUMBÁ
Operação de repatriação dos brasileiros vindos da Bolívia tem reforço de helicóptero em MS

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira