Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Delegado responde por cinco delegacias na fronteira

03 janeiro 2004 - 08h29

O delegado de Polícia Civil de Sete Quedas, Napoleão Rodrigues Júnior, está respondendo por cinco delegacias da região de fronteira desde, terça-feira, 30 de dezembro.Além das duas delegacias que ele já respondia, Sete Quedas, na qual é titular e Paranhos, onde responde como substituto, com entrada em férias dos delegados titulares das delegacias de Tacuru, Amambai e Coronel Sapucaia, o delegado Napoleão passou a responder, também pelos expedientes dessas três delegacias.Pelo expediente da delegacia de Tacuru, o delegado irá responder até o dia 15 de janeiro, quando o delegado titular, Paulo Henrique de Sá retorna de suas férias, já pelas delegacias de Amambai e Coronel Sapucaia, o delegado Napoleão deverá responder até o dia 29 de janeiro, data que retornam das férias os delegados, Jéferson Rosa Dias, titular de Amambai e Antenor Batista da Silva Júnior, titular de Coronel Sapucaia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COLISÃO FRONTAL
Motorista foge após provocar acidente envolvendo ônibus com 20 universitários
RETA FINAL
Cartório Eleitoral de Dourados volta a realizar cadastro biométrico após interrupção
REGIÃO
Trabalhador de fazenda é encontrado morto em Santa Rita do Pardo
DOURADOS
Segundo sorteio do “Nota Dourada” premia cinco contribuintes
ECONOMIA
Vendas no comércio varejista crescem 3,6% em janeiro, diz Serasa
DOURADOS
Câmara aprova efetivação do Conselho de Proteção e Defesa dos Animais
CRÉDITO
Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos
BRASILÂNDIA
Homem é preso em flagrante após agredir mulher
DOURADOS
Comissão pede audiência, contratação de auxiliares e professores coordenadores
DOURADOS
Programa IST/Aids realiza ações durante o carnaval

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018