Menu
Busca Sábado, 18 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221

De cadeira de rodas, Telê Santana é homenageado em São Paulo

06 Dezembro 2003 - 08h46

          Locomovendo-se numa cadeira de rodas, o técnico Telê Santana, que comandou o São Paulo na conquista do bicampeonato mundial (1992/93), foi homenageado duas vezes nesta sexta. Na Câmara Municipal da capital paulista, ganhou o título de cidadão paulistano. Depois, no clube, foi recepcionado como o responsável pela maior equipe que já vestiu a camisa do tricolor (e lhe deu as glórias mais importantes). O treinador inaugurou uma placa no Memorial do São Paulo, lembrando os técnicos campeões pelo time, e recebeu uma placa de agradecimento pelos serviços prestados ao clube. Telê Santana chegou ao Salão Nobre ao lado do filho, Renê, e da esposa, Ivonete. O ex-treinador recebeu das mãos do atual técnico da equipe, o chileno Roberto Rojas, uma camisa do São Paulo autografada por todos os jogadores do elenco. Rojas foi contratado pelo clube a pedido de Telê Santana. "A única coisa que posso dizer é obrigado, mestre, muito obrigado", disse o treinador. A cerimônia foi acompanhada por cerca de 300 pessoas e teve hino nacional, hino do São Paulo (cantado inclusive por Telê) e um vídeo com depoimentos dos jogadores que participaram da campanha que levou ao bicampeonato mundial. O vereador Gilberto Natalini, do PSDB, que pediu a homenagem da Câmara Municipal ao treinador, afirmou que a cidade estava em dívida com Telê. "São Paulo devia isso para ele. O Telê está acima de qualquer clube, ele é suprapartidário", afirmou. Emocionado e com dificuldade para falar, Telê Santana agradeceu às homenagens que recebeu. "Essa homenagem é muito mais do que eu esperava. Não posso nunca esquecer esse clube", disse Telê, que foi muito aplaudido pelos presentes na cerimônia. "Só uma palavra define o Telê: Mestre", afirmou o presidente são-paulino, Marcelo Portugal Gouvêa, que destacou a coincidência de datas entre a homenagem ao mestre Telê Santana e a volta do Tricolor à Copa Libertadores, obtida no último domingo na vitória sobre a Ponte Preta. "O último título da Libertadores que conquistamos foi com o Telê (em 93). Depois não conseguimos mais voltar. E agora, na semana em que voltamos à Libertadores, temos essa homenagem aqui para ele. Agora vamos tentar conquistar o título para o Telê", afirmou o presidente são-paulino. Marcelo Portugal Gouvêa também disse ser um privilegiado pela homenagem ao treinador ter sido feita durante o seu mandato no comando do clube. "Foi um dos momentos mais felizes que passei no São Paulo", afirmou o presidente, também muito emocionado. O fato de o técnico ter entrado na Justiça contra o clube em 1997 (a questão trabalhista foi encerrada após acordo entre as partes) não faz com que alguns cartolas não aprovem uma homenagem significativa ao homem que levou o time ao bicampeonato mundial (1992/93). "Acho uma homenagem justa. Só fico incomodado em ver o Telê em uma cadeira de rodas. Eu que vi ele até tirando grama no Centro de Treinamento do São Paulo, fico muito triste em ver ele se locomover dessa forma", disse Paulo Amaral, ex-presidente do São Paulo. Mineiro de Itabirito, Telê deixou o clube em 1996 por problemas de saúde. Ele é o primeiro colocado no ranking de técnicos com maior número de vitórias em jogos pelo Campeonato Brasileiro. Com 175 vitórias em 394 jogos, Telê está à frente de Vanderlei Luxemburgo, 155 vitórias, e Carlos Alberto Silva, que também acumula 155 triunfos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL CHALLENGE MTB
Competição vai movimentar meio milhão de reais na economia de Bonito
DOURADOS
Inscrições para Passeio Ciclístico Abevê terminam na quarta
FAMOSOS
Sem calcinha, Fani Pacheco esbanja corpão em foto sensual
FIQUE ATENTO
Saiba o que levar na prova do IFMS neste domingo
PNAD CONTÍNUA
Pretos ou pardos são 63,7% dos desocupados no país
TECNOLOGIA
Após Goiás, CNH eletrônica começa a ser implantada no Distrito Federal
AÇÃO
Funtrab divulga balanço de multirão realizado no feriado
DOURADOS
Nova lavanderia leva oportunidades a presos da PED
BRASIL
Portaria disciplina reprogramação dos investimentos em concessões rodoviárias
BRASIL
Governo federal vai descontingenciar R$ 7,5 bilhões do Orçamento

Mais Lidas

DESAPARECIDO
Estudante desaparece e deixa família desesperada em Dourados
DÉFICIT DE R$ 21 MILHÕES
Prefeitura declara “emergência financeira” na Funsaud
TRÁFICO
Traficante zomba da polícia em grupos de WhatsApp e acaba preso
FLAGRANTE
Nervosismo "entrega" e dupla é presa com cocaína