Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

DDD será obrigatório nos celulares a partir de domingo

30 dezembro 2003 - 13h05

A partir do primeiro domingo de 2004, dia 4 de janeiro, todas as chamadas de longa distância efetuadas a partir de telefones celulares deverão incluir o código da operadora que vai suportar o interurbano, conforme informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), por meio de ofício, a todas as operadoras telefônicas. Há somente quatro exceções: Claro (ex-BCP), CTBC, Telemig e Amazônia. Ou seja, o usuário do celular seguirá o da telefonia fixa, que há alguns meses não completa nenhuma chamada de longa distância sem antes digitar algum código como o 21 da Embratel, o 31 da Telemar, o 14 da Brasil Telecom, o 15 da Telefônica ou o 23 da Intelig, entre outros disponíveis. No início de novembro, a Anatel prorrogou a medida para o celular, mantendo por mais 60 dias a fase de duplo convívio. Quem esquecesse de selecionar uma operadora, teria sua chamada completada assim mesmo. Durante os trabalhos de formação de hábito de seus clientes, 100% das chamadas eram completadas com ou sem o código da companhia. No segundo mês, somente 50% das chamadas sem o código foram completadas, levando a operadora a informar aos clientes da outra metade sobre a necessidade de escolher uma companhia para completar as chamadas interurbanas ou interestaduais e digitar o código correspondente. A terceira e última etapa tem início em 4 de janeiro, quando toda e qualquer ligação para outro município, estado ou para o exterior, terá que obrigatoriamente incluir o código sob risco da ligação não ser completada. Segundo levantamento efetuado pela Anatel, 83,5% das chamadas têm sido feitas seguindo as novas regras. Com isso, uma parcela de apenas 16,5% corre o risco de vir a ser interceptada pela operadora e devolvida ao cliente, que ouvirá a explicação de como proceder para corrigir e refazer a chamada. Dentre as operadoras do Serviço Móvel Pessoal (SMP), duas ainda não estão aptas a obedecer a esta determinação da Anatel: Claro-SP e CTBC. A Claro SP (ex-BCP), cuja migração ocorrerá somente em 30 de janeiro, terá 90 dias a partir de então para operar em duplo convívio. Outras duas - Telemig Celular e Amazônia Celular - permanecem vinculadas ao Serviço Móvel Celular (SMC), que não as obriga a seguir o Código de Seleção de Prestadora. As demais - como Claro (fora de São Paulo), Vivo, TIM e Oi - migraram para o Serviço Móvel Pessoal ou já foram criadas nele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Menino de 5 anos é internado em estado grave após ser atropelado
SAÚDE
Trote solidário: UEMS incentiva doação de sangue e cadastro de medula óssea
CAPITAL
Garçom lambe orelha de cliente em bar e é denunciado à polícia
SAÚDE
Disseminação de fake news sobre coronavírus preocupa especialistas
LÉO VERAS
Suspeito nega execução de jornalista e teme queima de arquivo
ESPORTE
GP Rochedo de Ciclismo abre inscrições para prova dia 15 de março
SÃO GABRIEL
Peão morre atingido por hélice ao consertar maquinário em fazenda
SANEAMENTO
Sanesul executa obras de esgotamento sanitário em Antônio João
TRÊS LAGOAS
Motorista fica preso nas ferragens após colisão entre caminhões na BR-262
MEIO AMBIENTE
Bachelet critica 'retrocessos significativos' na política ambiental no Brasil

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira