Menu
Busca segunda, 11 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Tradição das festas juninas e julinas é levada aos presídios do Estado

15 junho 2011 - 12h08

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) realiza este mês uma programação de festas caipiras em estabelecimentos penais de regime fechado da Capital e do interior do Estado. A iniciativa faz parte do calendário escolar e tem por objetivo contribuir com a reinserção social dos internos, já que os festejos fazem parte da tradição cultural do País.

Durante os festejos são realizadas brincadeiras, barracas com variadas comidas típicas, apresentação de danças e a tradicional quadrilha, com reeducandos formando “casais”.

As festas são promovidas por meio da Escola Pólo “Regina Anffe Nunes Betine” – responsável pelo ensino nas unidades penais de Mato Grosso do Sul – e das direções dos presídios, e são destinadas, principalmente, aos internos que estudam. Os enfeites são preparados pelos próprios reeducandos, durante o período das aulas.

Conforme o cronograma oficial, na Capital, o Instituto Penal de Campo Grande abre o período de quermesses no dia 17; o evento terá início às 9h, com a participação de alguns custodiados no Centro de Triagem, que estudam. O presídio feminino fecha o mês (30) com sua festa junina, a partir das 13h. Já no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, será uma festa julina, com a comemoração na tarde do dia 1°.


###Interior

Nas unidades prisionais do interior os festejos já começaram na última sexta-feira (10), no Estabelecimento Penal de São Gabriel do Oeste e na Penitenciária de Dois Irmãos do Buriti. Até um “casamento real” foi encenado pelas internas de São Gabriel.

Na próxima segunda-feira (20), será a vez do Estabelecimento Penal Feminino de Bataguassu celebrar com as reeducandas. Em Dourados, custodiados da Penitenciária Harry Amorim Costa participam da comemoração junina na terça-feira (21), no período matutino. No dia 22 será em Paranaíba e Jateí, às 8h, e em Jardim e Cassilândia, às 13h30. Nas unidades penais masculina de Navirai e feminina de Rio Brilhante a quermesse acontece no dia 28, a partir das 8h30 e 9h, respectivamente.

Em julho os festejos prosseguem no Estabelecimento Penal Masculino de Rio Brilhante e no Estabelecimento Penal Feminino de Ponta Porã, no dia 1º. Em Corumbá, apenas o presídio destinado às mulheres terá festa este ano, devido às obras de reforma no masculino, o evento será no dia 7.

As festas caipiras em estabelecimentos prisionais de Mato Grosso do Sul administradas pela Agepen serão encerradas no dia 8, com a comemoração na Unidade Penal Ricardo Brandão, em Ponta Porã, e no Estabelecimento Penal de Três Lagoas.

De acordo com a direção da Escola Pólo “Regina Anffe Nunes Betine”, a realização das comemorações juninas e julinas em presídios do Estado atende o calendário escolar, assim como ocorre nas demais escolas da Rede Estadual de Ensino. Paridade que demonstra o sucesso na parceria entre as secretarias de Justiça e Segurança Pública, por meio da agência penitenciária, e de Educação, no sentido de garantir o direito de estudar ao reeducando.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Polícia apreende ônibus transportando mil pacotes de cigarros
ASSEMBLEIA
Homenagem aos parlamentares que compõe a história da Casa de Leis
CUMPRIMENTO DE MANDADO
Homem acusado de matar rival no MT é preso em Dourados
DOURADOS
TJ autoriza vereadores investigados por corrupção de participarem de sessões juntos
DEBATE
Audiência Pública abre mês de Consciência Negra em Dourados
PONTA PORÃ
Polícia apreende mais de 300kg de maconha dentro de carro na fronteira
CAPITAL
Homem é ferido a tiro por amigo após bebedeira e agressão a namorada
BOA AÇÃO
Com estoques quase zerados, Hemosul convoca doadores de sangue O- e O+
INTERNACIONAL
Líderes da América Latina se manifestam após renúncia de Evo Morales
TRÁFICO
Passageiros que saíram de MS são presos com cocaína em SP

Mais Lidas

CACHOEIRINHA
Jovem é espancada, sofre traumatismo craniano e está na UTI
VILA LILI
Jovem é preso e adolescente apreendido acusados de tráfico de drogas
PONTA PORÃ/PEDRO JUAN
Três são assassinados e um bebê fica ferido em "domingo sangrento" na fronteira
DOURADOS
Vítima de atropelamento, desconhecido morre no Hospital da Vida