Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

"Tcheca" diz que não se arrepende por "pegadinha" no Pânico na TV

18 maio 2011 - 16h21

A personal trainner Michaela Matejkova, 27, que atuava ao lado da personagem Dominika, interpretada por Alicia Seffras, no quadro "As Tchecas do Brazil", do "Pânico na TV!", concedeu uma entrevista exclusiva à Folha, na última quinta-feira (12).

De Londres, por telefone, ela confirmou ter enganado a produção do programa de maior audiência da Rede TV!.

No fim de semana, a Folha informou que o quadro era uma pegadinha de marketing para o lançamento da cerveja Proibida, da cervejaria nordestina CBBP. O "Pânico", porém, tem contrato de exclusividade para anúncio com a Skol. Leia a íntegra.

Folha - Quando você começou a trabalhar para a CBBP?

Michaela Matejkova - Era inverno [na Europa], acredito que foi novembro. Não tenho certeza se novembro ou dezembro. O primeiro vídeo foi gravado em dezembro.

Como você conheceu Dominika, a atriz Alicia Seffras?

Nos encontramos depois do casting [feito pela CBBP] em Londres. Eu fui escolhida primeiro na seleção porque eles procuravam alguém com um perfil tcheco. Nos conhecemos em Londres.

O contrato previa que você e Alicia não poderiam falar nada sobre a CBBP para a equipe do "Pânico na TV!", quando estivessem no Brasil?

Sim, era um grande segredo. Mas todo o resto foi verdade. Realmente amamos o Brasil, eu fiquei amiga de verdade da Alicia durante a viagem. Nós duas concordamos que a viagem foi realmente legal para nós. Tudo foi muito divertido e acabou sendo verdadeiro, se é que você me entende. Fizemos novos amigos e amamos as pessoas que conhecemos aí.

Havia imaginado que se tornaria famosa no Brasil?

Eu já tinha pensado em morar e viver no país.

Considera a hipótese de posar para revista "Playboy"?

Sim, acho que seria uma boa ideia.

Se arrependeu em algum momento de ter enganado Sabrina Sato e a turma do "Pânico"?

Não, não me arrependo porque eles estão sempre fazendo piada com outras pessoas e nós fizemos uma brincadeira com eles. Realmente gostei do "Pânico" e das experiências que tivemos com a Sabrina. Isso faz com que eu me sinta mal, mas, no fim das contas, foi divertido e espero que eles entendam.

Gostaria de deixar uma mensagem para os integrantes do programa?

Sim, eu amo todos eles. São pessoas incríveis. Sinto muito por essa grande mentira, mas vou ter lembranças incríveis de tudo isso. Obrigada a todos.

Você planeja voltar por Brasil?

Eu adoraria. A CBBP nos deu a grande oportunidade de conhecer o país, sou muito grata à empresa também. Nós amamos o Brasil ["weluvbrazil", termo que usavam para se identificar em blogs e redes sociais], como eu sempre disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Lava Jato investiga crimes que causaram prejuízos de R$ 6 bilhões
MS
TJ mantém condenação por falsidade ideológica em certidão de óbito
FOGO
Número de queimadas aumenta quase 100% em Dourados em relação a 2018
ESTUDO
Pesquisas tratam de línguas indígenas e de recursos hídricos em Dourados
DOURADOS
Depoimento de socorrista aponta tragédia anunciada em plantão sem médico no HV
LOGÍSTICA
Corredor bioceânico deve se transformar em rota turística entre Brasil e Chile
BRASIL
Ibama vai contratar brigadas para prevenir e combater incêndios em MS e 17 Estados
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas
DOURADOS
MPE recomenda que prefeitura reabilite bairro feito sobre antigo lixão para uso residencial
TRÂNSITO
Motociclista morre no HV após queda em rodovia

Mais Lidas

TRÂNSITO
Empresa desliga mais de 30 lombadas eletrônicas em Dourados após rescisão contratual
DOURADOS
Veículo é consumido pelas chamas no Água Boa; veja vídeo
CRIME ORGANIZADO
Operação contra o PCC cumpre 30 mandados de prisão em cidades de MS
DOURADOS
Coordenador diz que Samu tentou reanimar acidentado por uma hora em HV sem médico