17/07/2017 07h40 -

Silvio pede música "Presidente Cara de Pau", mas diz que não é para Temer


Uol
 
Silvio Santos em seu programa dominical
Imagem: Lourival Ribeiro/SBT Silvio Santos em seu programa dominical
Imagem: Lourival Ribeiro/SBT

Silvio Santos tomou cuidado ao anunciar uma música de Bezerra da Silva em seu programa no SBT, neste domingo, dia 16 de julho. O apresentador pediu para seu sonoplasta tocar "Presidente Cara de Pau", mas esclareceu que não é uma crítica a Michel Temer, nem ao líder norte-americano Donald Trump.

"É uma crítica que não tem nada a ver com nenhum presidente. Nem presidente dos Estados Unidos, nem presidente do Brasil, nem presidente da Coreia, nem presidente de lugar nenhum. Mas é uma música de crítica. Bezerra da Silva cantando, prestem atenção na letra, 'Presidente Cara-de-Pau', disse, encerrando em tom de ironia: "Não sei quem é".

As bailarinas de Silvio dançaram o samba, enquanto a letra aparecia na tela. A música de Bezerra da Silva. A música diz que "todas as vezes que tinha eleição no meu Brasil doente, eles contam a mesma história porém em sentido diferente [...] E na cara de pau ele disse que as coisas vão melhorar, mas na tremenda miséria meu povo está".

Em outro momento, Silvio tocou outra música do Bezerra com tom crítico: "Como eu disse, as músicas que estamos tocando são piadas ou são críticas, colocaram crítica na música... Bezerra da Silva gravou essa música há 30 anos, mas continua a mesma coisa. 'A Vida do Povo'", anunciou.

Em abril, Silvio concordou em ajudar Temer a divulgar as reformas da Previdência e Trabalhista, porém o tom alarmista dos textos na programação do SBT fez o Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal (MPT-DF) abrir inquérito e constatar que a emissora exibia "chamadas publicitárias com informações duvidosas sobre o tema".

O MPT-DF pediu a suspensão das chamadas, que diziam: "Você sabe que, se não for feita a Reforma Trabalhista, você pode deixar de receber o seu salário?", "Você sabe que o Brasil quebra se não aprovar a nova lei da Previdência?", "Você sabe que alguns estados brasileiros estão sem dinheiro para pagar as duas contas?"; "Você quer que aconteça o mesmo com o Brasil?".

Envie seu Comentário