Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Projeto Educação pelo Cinema começa amanhã na UFGD

13 maio 2011 - 19h39

Amanhã, dia 14 de maio, a exibição do filme “Como estrelas na terra – toda criança é especial” marca o início do projeto “Educação Pelo Cinema”, uma atividade de extensão da Faculdade de Educação - FAED da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

O projeto Educação pelo Cinema tem como finalidade usar os filmes como ferramenta lúdica para estimular o debate sobre os desafios da educação.

Nesta edição de 2011, o projeto terá como tema a inclusão social, com o objetivo de promover um espaço de debate e reflexão sobre as situações cotidianas experienciadas pelas pessoas com necessidades educacionais especiais, com ênfase para as relações interpessoais, a escola, o trabalho e o lazer.

O projeto está vinculado ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Inclusiva (GEPEI) e está sob coordenação das professoras Grazielly Vilhalva Silva do Nascimento, Aline Maira da Silva e Janete de Melo Nantes.

Primeira sessão
O filme “Como estrelas na terra – toda criança é especial” conta a história de Ishaan Awasthi, um menino que já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de reprovar novamente. Segundo o menino, as letras dançam em sua frente e ele não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção.

Seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina e trata Ishaan com muita rudez e falta de sensibilidade. Após serem chamados na escola para falar com a diretora, o pai do garoto decide levá-lo a um internato. Tal atitude só faz regredir em Ishaan a vontade de aprender e de ser uma criança como as outras.

Ele visivelmente entra em depressão, sentindo falta da mãe, do irmão mais velho e de sua vida. Inesperadamente, um professor substituto de artes entra em cena e logo percebe que algo de errado estava pairando sobre Ishaan. Não demorou para que o diagnóstico de dislexia ficasse claro para ele, o que o leva a por em prática um ambicioso plano de resgatar aquele garoto que havia perdido sua vontade de viver.

“Como estrelas na terra – toda criança é especial” será exibido no próximo dia 14, sábado, das 14 às 18 horas, no cineauditório da Unidade I da UFGD, que fica da rua João da Rosa Góes, 1761, Vila Progresso. Nesse dia será feita a inscrição das pessoas interessadas em participar do projeto de extensão, que totaliza 40 horas, e que dá direito a um certificado ao final das atividades. Serão oferecidas 80 vagas e a inscrição é gratuita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Governo Federal oferece garantia em empréstimo para pequena e média empresa
DOURADOS
Câmara promulga Lei que beneficia alunos com déficit de atenção e hiperatividade
NAS REDES SOCIAIS
Novo diretor do DOF toma posse em solenidade transmitida ao vivo de Dourados
CAMPO GRANDE
Escasso, teste rápido de coronavírus custa a partir de R$ 140 na Capital
DOAÇÕES
Indígenas de Dourados vão receber 10,4 mil máscaras nesta semana
POLÍTICA
PF vai investigar vazamento de dados de Bolsonaro e outras autoridades
DEODÁPOLIS
Após perseguição e condutor fugir na mata, polícia apreende mais de 100 kg de maconha em veículo
MATO GROSSO DO SUL
Escassez de chuvas reduz nível dos rios e já afeta navegabilidade na Hidrovia do Paraguai
BR-376
PMR apreende 115 kg de maconha que seria levada para a capital paulista
ASSEMBLEIA
Aprovado projeto que sensibiliza sociedade sobre trabalho escravo

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados