Menu
Busca terça, 18 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
TELEVISÃO

‘MasterChef Profissionais’ tem a eliminação que a internet queria

25 outubro 2017 - 07h42Por M de mulher

Está ouvindo os rojões virtuais? Isso acontece porque o ‘MasterChef Profissionais‘ teve a eliminação de um dos participantes que mais incomodava a internet desde o começo do programa. Em um dia de tarefas difíceis, os competidores lidaram tanto com uma prova externa no teatro que recebeu a versão brasileira do musical ‘Os Miseráveis‘ quanto uma prova de eliminação com uma sobremesa bem inusitada.

Coube a Francisco a divisão dos times para a prova em grupo, e lógico que isso rolou de uma forma que gerasse conflito ao reality show: Ana Paula Padrão pediu para que o ~Paizão~ escolhesse quatro pessoas que ele não gostaria de trabalhar para que eles formassem o time rival. Assim nasceu o time adversário formado por Pablo, Monique, Ravi e Lubyanka. Com os oito chefs devidamente separados, eles precisaram preparar um prato com influência francesa para o elenco e a produção do musical ‘Os Miseráveis’, com a dificuldade extra de fazer uma opção vegana para os que não ingerem alimentos de origem animal.

 
O primeiro degrau que os times enfrentaram foi coisa de… leitura! Uma das restrições alimentares do pessoal vegano era abóbora, e Irina estava fazendo um prato com vários cubinhos do vegetal para colocar no lugar do salmão escolhido por Francisco para seu time. Paola precisou gentilmente dar aquele toque discreto para que eles se tocassem do erro de interpretação e abandonassem o plano a tempo. Enquanto isso, no time vermelho, Ravi e Pablo vinham tendo muitos conflitos durante a produção dos pratos para os atores do musical.

Ao final da prova, Paola explicou que não dá pra improvisar numa cozinha profissional o tempo todo, e Henrique Fogaça lembrou da importância de se trabalhar em equipe (será uma indireta para Ravi e Pablo?). A apresentadora fez a apuração dos votos e entregou a vitória para a equipe vermelha, com mais que o dobro dos votos da equipe azul. Isso mesmo, o dobro!

Com isso, a equipe vermelha acabou se livrando de uma prova de eliminação dificílima. Paola Carossela anunciou que os quatro “emparedados” precisavam fazer uma torta Dobos, um clássico da confeitaria húngara (que nenhum dos chefs havia ouvido falar até então). O prato é composto de sete camadas de pão de ló, caramelo e um creme de manteiga com chocolate, e a tarefa podia ser tanto uma releitura com todos os elementos do original ou uma reprodução do modelo apresentado:

Nem preciso falar que todo mundo preferiu uma releitura, né? Mas isso não evitou as esperadas encrencas, pois as confusões começaram já durante a receita. Em meio à preparação do pão de ló, Irina percebeu que não havia leite nas bancadas para fazer essa parte da receita. Ao perguntar para os jurados, todos descobriram que na torta Dobos não ia leite e rolou o famoso desespero. Paola ficou até bem ofendida com ninguém sabendo como se assa o verdadeiro pão de ló.

Mesmo com a dificuldade da prova, os chefs não tremeram na base e conseguiram entregar suas releituras de torta dobos, inclusive com um tempo de antecedência. Mas isso não quer dizer que todo mundo mandou bem: Clécio foi o primeiro a ouvir críticas sobre seu bolo, principalmente pela aparência e pelo gosto. Já Irina teve mais sorte, pois foi elogiadíssima pelos jurados, Erick Jacquin até falou que gostaria de levar pra comer em casa. Quem também recebeu críticas foi Francisco por ter entregue uma sobremesa muito alta e com o uso desnecessário de mel, o que deixou sua torta Dobos parecendo um pão de mel.

Raíssa inventou de servir sua torta com uma espuma de café feito na hora, mas o mixer não funcionou na hora e ela acabou enfiando no prato do jeito que estava mesmo. Ficou parecendo que alguém havia derrubado uma xícara de pingado ao lado do seu bolo tortinho. “Quando a gente não consegue fazer uma coisa, a gente não coloca no prato”, ensinou Jacquin diante do prato que claramente não deu certo.

Após analisarem todos os bolos, os jurados chegaram ao competidor que havia feito o melhor dobos. Raíssa pode ter entregado algo feio, mas seu prato foi bastante apreciado pelo gosto (mas Irina foi escolhida como a melhor de qualquer forma). Assim a eliminação ficou entre Clécio e seu Paizão. Paola avisou que ninguém teve grandes erros, porque se tratava de uma receita que ninguém conhecia. “Não teve trabalho ruim”, confortou a jurada argentina diante de dois parceiros aflitos com o anúncio de quem seria eliminado.

Com todo cuidado, Paola anunciou que Clécio havia cometido mais erros e por isso estava saindo do programa. A repercussão na internet foi algo gigantesca, afinal o participante era um dos que mais irritava as pessoas nas redes sociais por repetir “paizão” toda hora e frequentemente puxar o saco dos jurados. Isso sem contar os momentos em que ele ~esquecia~ de usar seu sotaque tipicamente mineiro, reforçando a teoria de que ele havia encarnado um personagem no programa.

Aos sobreviventes do programa, a próxima semana será extremamente desafiadora: eles terão de se aventurar na culinária molecular (especialidade da eliminada Angélica). Será que eles vão se dar bem trocando os pratos pelas pipetas de laboratório?

Deixe seu Comentário

Leia Também

APOSTAS
Temer sanciona MP e apostas esportivas são legalizadas no Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Entra em vigor Lei que simplifica a locação de máquinas
GERAL
Justiça pode decidir hoje sobre habeas corpus de 'João de Deus'
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 48 milhões nesta terça-feira
MS
Centro de monitoramento vai agilizar atendimento nas rodovias estaduais
ELLA E REALCE COSMÉTICOS
Eu apoio o projeto Natal para Todos - Dourados Brilha
PAUTA
STF julgará em abril validade de prisão de condenados na 2ª instância
FÁTIMA DO SUL
Incêndio destrói casa e mulher suspeita de envolvimento do ex no caso
UFGD
Mural mostra aumento de 80% em relatos positivos ao HU de Dourados
TELEVISÃO
“A Reunião”, encontro de ex-participantes dos “MasterChef”, nesta terça

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem faz desabafo sobre a morte do pai em confronto: “lamento por você ter escolhido esse caminho”
DOURADOS
“Batida” acaba com festa lotada de menores e regada a bebida alcoólica
DOURADOS
Délia exonera cinco secretários de uma só vez e inicia reforma administrativa
POLÍCIA
Jovem é baleada em tentativa de assalto em Dourados