Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
CINEMA

Martírio será apresentado hoje no Cineclube

30 setembro 2017 - 07h30Por Da Redação

O filme nacional “Martírio” será exibido neste sábado (30/09) na sessão do Cineclube UFGD, às 17h, no Cineauditório da Unidade 1 (rua João Rosa Góes, 1761 – Vila Progresso). A sessão é aberta ao público.

O choque provocado – que nos faz imaginar o impacto de noite e neblina para os europeus do pós-guerra – nos joga na cara a história de sangue sobre a qual nosso país está construído, desde “sempre”. O nosso sempre, de senhores brancos do mundo e da história.

Não há fuga possível: se alguém não quiser suportar o peso desta história, que não assista o martírio. Quem assistir terá que conviver com o terror que nos fez e faz, com o abismo que nos separa de qualquer decência social mínima.


Direção: Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho, Tatiana Almeida

Produção: Olívia Sabino

Duração: 2h42min

Classificação Indicativa: 12 anos

Categoria: Documentário

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPASSE
Representantes da UFGD recorrem à bancada federal para nomeação de reitor
10 MESES
Bombeiros encontram mais um corpo da tragédia em Brumadinho
INVENTÁRIO
Juiz da Capital pode estar ligado a mais um esquema de corrupção
UEMS
Dourados sedia na próxima semana o IV Congresso de Línguas
INTERNACIONAL
Incerteza sobre 4º mandato de Evo marca eleição amanhã na Bolívia
Céuzinho
Jovem sobrevive após cair de altura de 20 metros em cachoeira
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes suspende lei municipal que barrava ensino de gênero
CAPITAL
Aquaplanagem pode ter causado acidente que matou violeiro, diz motorista
UEMS
Semana Técnica de Computação começa segunda-feira em Dourados
CRIMINOSOS
‘Escritório’ da falsificação: Preso tinha contratos com grupo de estelionatários

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado tomba veículo na Joaquim Teixeira Alves
DOURADOS
Além de droga, pente-fino na PED encontrou cachaça, roteador de internet e ‘sky gato’
DOURADOS
Alvo de furtos e abusos no trânsito, avenida passa a ser monitorada por câmeras
PONTA PORÃ
Empresário é executado por pistoleiros na fronteira