Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
UAU!

Luísa Sonza exibe boa forma em passeio de iate e ganha elogios

22 setembro 2019 - 20h00Por Quem

Luísa Sonza exibiu a boa forma em passeio de iate. A cantora, que tem uma linha de biquínis, ganhou elogios, inclusive de famosas. "Gata", disse Renata Kuerten. "Sem condições. Musa!", elogiou Aline Gotschalg.

A cantora preza por uma boa alimentação e contou que já foi vegetariana por um bom tempo, mas que voltou a comer carne porque respeita a vontade de seu corpo.

"Apesar de fazer exercícios, mas tenho algo que é o seguinte: Eu gosto de comidas boas, saudáveis. Eu respeito muito o que meu organismo pede", começou ela, acrescentando na sequência: "Consigo sentir o que meu corpo quer, e noventa por cento das vezes, meu corpo é vegano. Mas às vezes, também não é. Eu respeito o que ele quer comer. Por exemplo: Quando quero comer uma pizza de calabresa, eu como. Mas o que acontece é que noventa por cento do tempo eu só quero comer milho, alface, pepino, goiaba, banana, morango, todos os tomates, pinhão, repolho. Então, é por isso. Eu amo tomar água, também, tomo de cinco a sete litros de água por dia. Mas eu não forço meu organismo", explicou.

A cantora também disse que não se priva de comer alimentos considerados não saudáveis. "Às vezes, eu passo duas semanas só comendo porcarias. Mas chega uma hora que o corpo, se prestar bem atenção, você para de sentir bem. Você se sente mal, pesada", disse.

Com um corpo saradíssimo, Luisa deixou claro que seu segredo é ter equilíbrio no dia a dia e ainda falou sobre as dietas restritas. "Uma galera me pergunta se eu sou vegetariana, vegana (...) Eu não sou, às vezes eu como carne. Já fui vegetariana por cinco anos, nem peixe eu comia. Hoje sou onívora, mas em noventa por cento da minha vida, não como carne. Mas, se tenho vontade de comer, como", disse, explicando suas razões de ter voltado a se alimentar com proteína animal.

"Às vezes eu tinha vontade, meu corpo tinha vontade [de comer carne] e eu me culpava. Achava muito ruim. Tinha vontade e não comia. Mas cheguei à conclusão de parar de me cobrar e parar de obrigar meu corpo a não querer. Parar de me sentir culpada por achar que não deveria sentir vontade de comer. Acho que isso foi bom, porque sem essa pressão que eu tinha de mim mesma, passei a ter menos vontade e comer menos", contou. "Eu me liberei totalmente, sem pressão".

Luisa ainda pontuou que os títulos impostos pela sociedade causam sofrimento nas pessoas. "Não sei por que o ser humano tem uma necessidade absurda de colocar rótulo em tudo. Hétero, bi, lésbica, tudo tem que ter um rótulo. Vegetariano, vegano, isso e aquilo. Isso só atrapalha o mundo, em minha opinião. Não tem que ter rótulo nenhum. Você tem que ser o que quiser ser", desabafou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

É LEI
Dia Estadual de Combate à Mortalidade Materna é instituído em MS
CAMPO GRANDE
Escolas particulares terão que encaminhar lista de material ao Procon antes de pedidos
SHOWBIZZ
Após 8 anos chega ao fim o casamento de Fernanda Souza e Thiaguinho
POLÍTICA
Câmara decide discutir prisão na 2ª instância após STF marcar julgamento
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende as comarcas de Japorã e Juti nesta semana
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta em dia de maior cautela no exterior
ITAQUIRAÍ
Inscrições para concurso com salários de até R$ 12 mil são prorrogadas
SELEÇÃO DE BASE
Seleção olímpica é derrotada para o Japão na Arena Pernambuco
CULTURA
Com orquestra de harpas, muita música e dança, 3º Festival Cultural do Chamamé foi destaque em público e negócios
SAÚDE
Dourados cede prédio no 4° Plano para implantação do Hospital do Amor

Mais Lidas

CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
DOURADOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte
MS
Idosa é atingida por jaca durante procissão e precisa ser socorrida