Menu
Busca sábado, 24 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
TELEVISÃO

Jornalista William Waack é afastado do Jornal da Globo por racismo

09 novembro 2017 - 07h43Por G 1

Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.

Nele, minutos antes de ir ao ar num vivo durante a cobertura das eleições norte-americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista.

Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.

William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir desta quinta-feira, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PM E BOMBEIROS
ACS elege novo presidente em MS
ESTADO
Começa em abril inventário de plantas e solo do Cerrado de Mato Grosso do Sul
Veículos roubados que seriam levados para o Paraguai são recuperados
BRASIL
Conta-salário poderá ser transferida para instituições não financeiras
RECOMENDAÇÃO
Prefeito vai revogar doação de área a Arquidiocese de Campo Grande
MS/PR
Assaltantes se escondem em pântano e acabam presos
ESTADUAL
Federação adia fim da primeira fase após ajuste de tabela
BANDEIRANTES
Motociclista morre após ser atingido por ônibus
FÁTIMA DO SUL
População faz protesto e pedem Justiça no caso Débora
MUNDO NOVO
Bêbado é preso após fugir de bloqueio policial

Mais Lidas

ERRO
Diário Oficial traz convocação de três “fulanos”
NOVO HORIZONTE
Foragido da Justiça é preso após trocar tiros com policiais em Dourados
ABUSO
Adolescente denuncia o próprio pai por estupro em Dourados
DOURADOS
Polícia desarticula grupo que planejava furto a agência dos Correios