Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Jornalista lança obra sobre países andinos na terça-feira

17 dezembro 2012 - 13h13



O livro "Bagagem Contada", da jornalista e escritora Laís Camargo será lançado na terça-feira (18), às 19h30, na Galeria Wega Nery, no Centro Cultural José Octavio Guizzo. Primeira publicação da campo-grandense, a obra reúne crônicas, fotografias e entrevistas coletadas durante um mês de viagem pela Bolívia e Peru. A obra tem apoio do FIC/MS(Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul).


Apaixonada pela América Latina, Laís sempre desejou conhecer a cultura e a realidade dos povos andinos. A oportunidade perfeita surgiu no ano de ___ e por meio do mochilão, independente, sem o auxílio de agências de viagens ou hotéis fixos. Tudo era descoberta e acima de tudo desafio. O livro acabou sendo uma consequencia natural na vida da jornalista, que acostumada a documentar sentiu o desejo de transformar as experiências em textos. "Quando a realidade cansa, vem a literatura", afirma.


A abertura da cerimônia de lançamento será realizada com um cortejo do Teatro Imaginário Maracangalha e do músico Celso Petit. Canções que relembram as terras andinas serão o repertório da noite. Originalmente, o livro foi escrito como Trabalho de Conclusão de Curso de Jornalismo pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco). O prefácio é do professor e mestre Jacir Zanatta. "As crônicas produzidas pela Laís são capazes de prender o leitor do início ao fim. Leveza na escrita e a profundidade na abordagem fazem do livro um convite ao leitor que já criou raízes a se arriscar, a ser audacioso e a botar o pé na estrada. “Bagagem Contada” é um convite à reflexão sobre nossa própria existência, onde as belezas naturais se misturam com a dureza da vida. Laís consegue, de forma mágica, dar vida às sensações”, acredita o professor.


Crônicas seguem linha temporal


As crônicas seguem a linha temporal de passagem pelas cidades de Corumbá, Puerto Quijarro, Santa Cruz de La Sierra, Cochabamba, Oruro, La Paz, Lago Titicaca,Puno, Copacabana,Cusco, Águas Calientes, Machu Picchu, Salar de Uyuni ,Potosi e Sucre. Dentre personagens incríveis como Ruth Lima e momentos de revolta e tristeza como a situação de ajudar uma criança doente e dormir em sacos de farelo em um galpão, o livro desperta sensações de irmandade, igualando os viajantes, os moradores locais e os que ainda vão despertar o desejo por viajar quase sem rumo, mas com objetivos bem definidos.

SERVIÇO - O Centro Cultural José Octavio Guizzo fica na rua 26 de agosto. O livro foi publicado pela Editora Life e tem o valor simbólico de R$ 10. A entrada no lançamento é gratuita. 453. Informações pelo telefone 3317-1792.


Deixe seu Comentário

Leia Também

MS-270
Caminhão possuía 84 fardos de maconha e droga ultrapassa 1,6 tonelada
ASSEMBLEIA
Aprovado projeto de lei de Renato Câmara que garante cadastro provisório à assentados de MS
MS
Acidente deixa uma pessoa ferida na BR-163, próximo a Naviraí
MS
Carga de maconha apreendida próximo a assentamento deve ultrapassar 1t
APÓS ADIAMENTO DE PROVA
MPF recomenda que IFMS não restrinja caráter competitivo de novos concursos
SAÚDE
Você sabe o que é Lúpus?
CONTRABANDO
Carga com 600 mil maços de cigarros é apreendida em MS
HONRA AO MÉRITO
Sessão solene homenageia quem faz a história de Dourados
BONITO
Congresso Holístico terá palestra sobre “liberdade”, com Caroline Figueiró
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia

Mais Lidas

DOURADOS
Presos fazem motim na PED em ala ocupada por membros de facção criminosa
POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
ACIDENTE
Motociclista avança preferencial, colide com outra moto e morre
EDUCAÇÃO
Greve atinge escolas em Dourados e prejudica merenda, inspeção e limpeza