Menu
Busca domingo, 17 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
PARQUE DOS IPÊS

Jornalista douradense relata histórias de família em livro

07 julho 2015 - 16h15

A jornalista Eduarda Fernandes da Rosa lança na próxima sexta-feira (10), às 19h30, o livro “Família Fernandes: Uma história de gerações”. O evento acontece na sede da Academia Douradense de Letras, localizada no Parques dos Ipês, em Dourados.

De acordo com a autora, o livro conta a história de uma família douradense, “uma família que não teve seu nome destacado em ruas, mas participou e viveu a história de Dourados. Esta é a história contada sob a perspectiva de uma pessoa que morou na zona rural, de heróis do campo, que venceram a pobreza”, comenta.

O livro começou a ser escrito há vários anos, “escutando as histórias de minha avó, Carminda Fernandes, quando tinha uns dez anos de idade achei interessante registrar o que ela contava, pois acabaria esquecendo, depois de um tempo já tinha bastante material, então decidi que iria fazer um livro, mas o tempo foi passando e só agora tive condições de publicá-lo”, disse Eduarda.

Parte da obra traz lembranças de Carminda, do tempo de sua mãe e avó. São mais de 100 anos de história, de sete gerações, que vieram para o Brasil, percorreram o país, chegaram ao Mato Grosso do Sul e escolheram a cidade de Dourados como lar.

O livro também traz curiosidades sobre a origem do sobrenome Fernandes, da Colônia Agrícola Nacional de Dourados e um pouco da história de Dourados, além de receitas de família.

Para o jornalista e professor universitário André Mazini, o livro representa uma importante mudança na forma como os douradenses encaram a história local. “Em Dourados e em Mato Grosso do Sul de uma forma geral, os personagens que ganham destaque são normalmente ligados à política, ou pessoas ‘poderosas’ financeiramente, por isso acho fundamental livros como o da Eduarda Rosa que mudam o foco e contam nossa história a partir do ponto de vista de personagens simples, que vivem intensamente cada um dos momentos que fizeram essa cidade ser o que é hoje”, diz e complementa, “aprecio mais o relato espontâneo de Dona Carminda do que com o discurso de muitos figurões que aprendemos na escola”.

Sobre a autora

Eduarda Fernandes da Rosa, natural de Dourados - MS, nascida no dia 30 de março de 1991. Filha de Maria Aparecida Fernandes da Silva e JoséBronel da Rosa.

É jornalista. Graduada em Comunicação social com habilitação em Jornalismo, pela Unigran (Centro Universitário da Grande Dourados); com pós-graduação em Marketing e Vendas, pela Universidade Anhanguera.

Já atuou na área de assessoria de imprensa no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Dourados; como repórter no Jornal Dourados News e atualmente é jornalista na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Graciele Lacerda exibe corpão em foto e recebe enxurrada de elogios
PROVA ACONTECE AMANHÃ
Concurso da Educação terá reforço na segurança
BRASIL
eSocial já tem 24 milhões de trabalhadores cadastrados
490 EMPRESAS
Jucems registra em janeiro, melhor resultado em cinco anos
BRASIL
Após tragédia, futuro do Ninho do Urubu está indefinido
CAMPO GRANDE
Casa é queimada e morador acredita em fogo criminoso
PROVAS AMANHÃ
Agência orienta candidatos de concurso a não viajarem com transportadores clandestinos
CASO QUE CHOCOU
Homem que furtou corpo de cemitério disse ter ouvido vozes
BRASIL
Repasses de fevereiro a beneficiários do Bolsa Família vão até o dia 28
BELEZA NATURAL
Asfalto da MS-450 avança entre morros e potencializa o turismo na Estrada Ecológica

Mais Lidas

TRÂNSITO
Vídeo mostra acidente que matou duas pessoas em Dourados
TRÂNSITO QUE MATA
Dois morrem em colisão frontal em Dourados
DOURADOS
Jovem morre após troca de tiros com a polícia no Água Boa
JARDIM COLIBRI
Homem é executado na frente da mulher em Dourados