Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
TV

Ibope da TV paga dispara 30% na madrugada

04 junho 2015 - 10h00

Em apenas um ano, a audiência da TV paga no horário entre 0h e 6h cresceu mais de 30%, segundo dados obtidos do ibope na Grande São Paulo. Esse horário no passado era desprezado por todas as emissoras, mas tem se tornado cada vez mais importante e rentável.

O motivo é que entre 30% e 40% dos aparelhos de TV continuam ligados na Grande São Paulo nas madrugadas – um público nada desprezível.

Emissoras como SBT e Globo, as únicas TVs abertas que não vendem horário para igrejas, beneficiam-se nesta faixa por atraírem o grosso do público laico. Mesmo assim, é a TV paga que está nadando de braçadas nessa faixa.

Em maio do ano passado, o ibope dos chamados Outros Canais (OCNs) – que englobam apenas canais fechados e segmentados e excluem todas as TVs abertas – era de 4 pontos nas madrugadas.

No mês passado, porém, essa média passou para 5,4 pontos (cada ponto vale por 67 mil domicílios na Grande São Paulo).

Para efeitos de comparação, nessa faixa horária a Globo marcou média de 4,6 pontos, o SBT teve 3,0 pontos, e a Record, 1,7 ponto; Band teve ainda menos: 0,6. Ou seja, a TV paga já tem mais ibope que SBT, Record e Band somadas.

Pela primeira vez, desde que a medição do Ibope é feita, a TV por assinatura ficou à frente da Globo em dois meses consecutivos. Seria o início de um padrão?

Talvez, pois o fenômeno é recente. Em dezembro, por exemplo, a Globo registrava média de 6,0 pontos, contra 4,9 da TV paga. Em março ambas já estavam perto do empate. Em abril, veio a virada dos canais fechados sobre a então líder.

Em outras faixas do dia e no horário nobre, porém, a Globo continua líder.

Média nacional

No ibope medido nas 15 principais regiões metropolitanas de São Paulo, a TV paga também está pouco a pouco se aproximando da líder, Globo.

Nas 24 horas do dia, a Globo tem média de 11,2 pontos (cada ponto = 233 mil domicílios), enquanto só os canais fechados têm 8 pontos.

É óbvio que são dois segmentos diferentes: é uma única emissora contra mais de 70 canais diferentes. Porém, é preciso apreciar que a TV paga existe há pouco mais de 20 anos no Brasil, enquanto a Globo tem 50.

Além disso a Globo é gratuita, e os canais pagos são quase todos segmentados e específicos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COXIM
Idosa de 80 anos é agredida a pauladas por jovem que invadiu casa
ESPORTE
Funed conclui elaboração de calendário anual de atividades esportivas
APOSENTADORIA
Bolsonaro fará pronunciamento na TV para defender reforma da Previdência
PROJETO
UFGD seleciona shows musicais para o projeto Celebração 2019
CAMPO GRANDE
Júri é suspenso após advogada chorar e ameaçar suicídio
NOVA ANDRADINA
Adolescente que sufocou a filha de 28 dias fará tratamento psiquiátrico
RIO
Justiça nega indenização a Bolsonaro por declarações de Jean Wyllys
UEMS
Estão abertas as inscrições para Intercâmbio Sanduíche no Canadá
CAPITAL
Dupla em moto atira contra carro de autoescola; motorista é atingido
POLÍTICA
Câmara suspende decreto presidencial sobre sigilo de dados públicos

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura