Menu
Busca domingo, 23 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
DOURADOS

FestSol será amanhã com muito forró e comidas típicas nordestinas

21 outubro 2017 - 07h15

O CTN (Centro de Tradições Nordestinas) realiza no próximo domingo (22) a 17ª edição do FestSol (Festa da Carne de Sol). O evento ocorre no Clube Indaiá, entre 11h e 18h. 

Além das comidas típicas como sarapatel, baião de dois, creme de cabotiã, farofa de cuscuz e o churrasco de carne de sol, a festa terá ainda três grupos de forró pé-de-serra animando os participantes.

Conforme o CTN, o Trio Nordestino, Terra Seca e Canta Nordeste tocarão até as 18h.

O almoço será servido entre 11h e 14h no local. O valor do ingresso é R$ 50 e pode ser adquirido na Banca do Jaime, Água Doce Cachaçaria, Casa Nordestina, O Caldeirão, Celmiry Atelier, Maurão Materiais para Construção e Relojoaria Real.

Terra Seca

O grupo foi fundado há 19 anos e toca música regional brasileira, destacadamente ritmos de origem nordestina. Originário de Dourados, surgiu com o propósito de reinserir e cultivar, na região e em todo o Mato Grosso do Sul, a música nordestina de raiz, adotando como estilo musical o chamado forró pé de serra, proposta que mantém até hoje. 

Tem como principal fonte de inspiração os grandes expoentes do cancioneiro nordestino, iniciando pela figura maior de Luiz Gonzaga, passando por Dominguinhos, Trio Nordestino, Alceu Valença, Zé Ramalho, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho, Moraes Moreira, Nando Cordel, Gilberto Gil, Fagner e outros artistas que acabaram inserindo o forró no contexto maior da MPB.

Em sua trajetória, o Terra Seca se apresentou em diversas cidades do Estado, como:  Campo Grande, Corumbá, Coxim, Rio Verde, Caarapó, Ponta Porã, Sonora, Jateí, Fátima do Sul, Rio Brilhante, Glória de Dourados, Nova Andradina, Deodápolis, Ponta Porã, Nova Alvorada do Sul, Jardim, Itaporã, Naviraí e, principalmente, na cidade da Dourados.  

Um dos momentos mais marcantes na história do grupo foi a abertura do show de Moraes Moreira, realizado no Teatro Municipal de Dourados, durante uma das edições do projeto Temporadas Populares, em 2001. 

Trio Nordestino 


Criado em 1958 na cidade de Salvador (BA), o Trio Nordestino iniciou a formação clássica do forró, com um sanfoneiro, zabumbeiro e um triângulo para dar o toque especial. 

Os fundadores Lindú (voz e sanfona), Coroné (zabumba) e Cobrinha (triângulo) lançaram o primeiro disco em 1962, apimentando a música brasileira com o suingue, o humor e a sensualidade do sertão.

Os primeiros discos saíram pela gravadora Copacabana e traziam canções de Gordurinha ("Pau-de-arara É A Vovozinha", "Carta 100 Erros", "Carta A Maceió"), Antônio Barros ("Chililique", "Forró Pesado", "Procurando Tu"), a iniciante dupla Dominguinhos-Anastácia ("Conversa De Motorista"), além do próprio Lindú, nome artístico de Lindolfo Barbosa. "Procurando Tu" foi o maior sucesso do Trio Nordestino, no início dos anos 70, chegando a vender cerca de um milhão de discos.
 
Atualmente o grupo é formado pelos herdeiros musicais Luiz Mário – triângulo e voz (filho de Lindú, um dos fundadores do grupo), Coroneto - zabumba (neto de Coroné, também fundador da banda) e Beto Sousa – sanfoneiro (afilhado de Lindú). 

O grupo já gravou com grandes representantes da música popular brasileira: Fagner, Alceu Valença, Bezerra da Silva, Elba Ramalho, Dominguinhos, Alcione, Flavio José, Santana, Genaro, Silvério Pessoa, Zeca Baleiro, Estakazero, Adelmário Coelho, Luiz Caldas,Targino Gondim, entre outros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Coronavírus: brasileiros deixam quarentena na Base Aérea de Anápolis
STJ
Para Quarta Turma, livro didático que reproduziu poema de Cecília Meireles não violou direitos autorais
PIRACEMA
Sem flagrantes de pescadores, PMA retira petrechos durante operação
BRASIL
Serviço militar aberto às mulheres está em discussão no Senado
DOURADOS
Semana terá três dias de ponto facultativo na prefeitura
STJ
Ratinho terá de pagar R$ 150 mil a família exposta de forma vexatória na TV
ALERTA
Surto de dengue pode afetar 11 estados brasileiros em 2020
FRONTEIRA
Nove homens e uma mulher suspeitos pela morte de jornalista são identificados
DOURADOS
Flagrada com droga, jovem apresenta identidade falsa à polícia
DOURADOS
Programa IST/Aids retoma ações na terça-feira

Mais Lidas

WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
JARDIM GUAICURUS
Jovem resgatada foge da UPA e tenta subir em torre mais uma vez
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação