Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Escola Franklin Azambuja no 4º Plano expõe trabalhos de alunos

29 novembro 2012 - 08h56

A Escola Municipal Franklin Azambuja, localizada no BNH 4° Plano em Dourados, realiza nesta semana a 12ª Expofranklin. São centenas de trabalhos executados pelos alunos da escola durante todo o ano letivo e que agora são expostos para a comunidade.

De acordo com a professora da Sala de Tecnologia Educacional Liliane Mara de Albuquerque, a exposição tem como objetivo valorizar e estimular os trabalhos dos professores e alunos.

Os trabalhos são feitos com base em pesquisas realizadas durante o ano e conforme seus entendimentos os alunos concretizam a arte. São utilizados painéis, telas, maquetes e cartolinas, empregando a técnica da colagem, pintura e desenho que retratam com criatividade o tema escolhido.

Neste ano o tema da exposição foi sobre peixes existentes nos rios de Mato Grosso do Sul. “Os trabalhos também referenciam os artistas sul-mato-grossenses, que retratam a diversidade e beleza dos peixes do nosso Estado”, explica a professora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 36 milhões nesta quarta-feira
UFGD
Abertas inscrições para segunda etapa do II Festival de Graffiti
FABRICA
Chineses anunciam investimentos de R$ 2 bilhões em obra de Maracaju
SEST SENAT
Taxista realizam curso de atualização em Dourados
EDUCAÇÃO
Prouni do primeiro semestre de 2019 abrirá inscrições em 29 de janeiro
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
SHOWBIZ
Glenda Kozlowski coloca o bronzeado em dia no Rio de Janeiro
CULTURA
Cineclube UFGD encerra 2018 com o filme Feliz Natal
CORRUPÇÃO
Desembargadora Tânia Borges é alvo de novo processo no CNJ
PETRECHO PROÍBIDO
Ambiental apreende 200 metros de redes de pesca no Rio Paraguai

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto
TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados