Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905
MÚSICA

CPM 22 se apresenta sábado durante festival na Capital

18 setembro 2019 - 16h50Por Da Redação

O Distrito 67 Music Festival, considerado o maior festival do universo custom de Mato Grosso do Sul terá mais de 12 horas de diversão para toda a família. Nesta edição, além das bandas regionais haverá ainda a presença da atração nacional, CPM 22. O Distrito 67 acontece neste sábado, dia 21, a partir do meio dia, no Rota Acústica, em Campo Grande.

O público estimado é de cinco mil pessoas ao longo das 12 horas de diversão. Vários motoclubes estão confirmados, alguns vindos de outros Estados, como MT, SP e MG. Um dos mais aguardados é o grupo de mulheres motociclistas “Ladies of the Road” que chama muita atenção por onde passa.

Para garantir a diversão do público o evento conta com cinco atrações musicais, sendo quatro regionais e uma nacional: Blueasy, Corvo e os Malditos, Cassino Boogie, Naip e CPM 22.

Para quem prefere apenas curtir um dia diferente, uma grande estrutura está sendo montada para garantir o conforto e segurança durante as 12 horas de duração, com lounges, praça de alimentação, estandes de produtos e serviços, estúdio de tatuagem, barbearia, espaço kids e exposição de motos. 

Por falar em CPM 22, para o show em Campo Grande a banda traz a turnê “Suor e Sacrifício”, um álbum maduro que mostra a evolução dos músicos, após algumas mudanças na formação. Quem cresceu ouvindo CPM, com certeza irá se identificar com o punk rock melódico e cheio de atitude de “Linha de Frente” (Ricardo Galano / Badauí). Falando em fãs, estes ainda ganham um belo tributo na música “A Esperança não Morreu” (Ricardo Galano / Badauí / Luciano Garcia), uma das melhores do álbum.

Em “Never Going To Be The Same” (Ricardo Japinha / Trever Keith),  Badauí divide os vocais com ninguém menos que Trever Keith, líder da veterana banda americana Face to Face. Mas o auge é a música “Honrar seu Nome” (Phil Fargnoli / Badauí), dedicada ao pai do Badauí, que faleceu em 2016. “Suor e Sacrifício” fecha com o hino “Todos por Um” (Luciano Garcia / Badauí), que certamente será cantado em uma só voz no show. As outras quatro bandas regionais estão preparando um repertório que promete não deixar ninguém ficar parado com o melhor do rock n’roll.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COSTA RICA
Menina de 3 anos dormia com a mãe que foi assassinada a facadas pelo ex
POLÍTICA
Bolsonaro diz que auxílio emergencial poderá ter a quarta parcela
JUDICIÁRIO
MP denuncia juiz por ter recebido propina para liberar precatórios
ENSINO SUPERIOR
Ainda sem data, Enem 2020 já tem 6,1 milhões de inscritos
TRÊS LAGOAS
Motociclista é atingida por linha com cerol e garotos que soltavam pipa fogem
ECONOMIA
Compras com auxílio emergencial poderão ser pagas via celular
CARTILHA
Tribunal de Justiça lança Guia de Boas Práticas para Pessoas com Deficiência
CAPITAL
Idoso é enganado por golpistas, entrega dois cartões e fica no prejuízo
JUSTIÇA
Ministro do STF nega recurso e mantém pena de prefeito condenado por tráfico
DESCAMINHO
Receita Federal apreende duas toneladas de narguilé contrabandeadas

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido