Menu
Busca sexta, 21 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
CULTURA

Bailarino trabalha com grupo de performance amanhã em Dourados.

24 junho 2015 - 09h43

Nesta quinta-feira, dia 25 de junho, premiado bailarino Paulo Paim, irá trabalhar investigações corporais com Coletivo Teatro Ofusquina. Paim é bailarino e professor da mesma área, a mais de 15 anos. Ganhou vários prêmios, em festivais importantíssimos do Brasil, como o Festival de Dança de Joinville e o Desterro.

Nesta programação da "Quinta Ofusquina", Paulo Paim irá trabalhar investigações corporais, explorando as possibilidades do corpo e a consciência corporal. O evento é parte da preparação corporal e cênica do Coletivo Teatro Ofusquina, que vem realizando toda quinta, ensaios abertos ao público, juntamente com apresentações de pequenas cenas.

Não sendo diferente, nesta quinta-feira, com o apoio do Ofusque Bar, o grupo abre as portas para receber todos e todas que quiserem participar desta investigação corporal, bem como deixando o "palco" livre para receber apresentações dos presentes.

O coletivo Teatro Ofusquina tem o apoio do Ofusque Bar, que sede seu espaço para que o coletivo trabalhe e estude. O evento começará a partir das 20h30 com entrada livre para maiores de 18 anos.

O Ofusque Bar esta localizado na rua Pedro Celestino, 870, Jardim América. Para maiores contatos visite a página de Facebook do Coletivo Teatro Ofusquina, ou via whats (67) 9319 3030.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV
Fátima Bernardes nega boatos de ter reformado casa do agressor de Jair Bolsonaro
BRASIL
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
FRONTEIRA SEGURA
Ação conjunta apreende 40kg de maconha em Ponta Porã
AMISTOSOS
Tite convoca seleção com quatro novidades para próximos compromissos
ELEIÇÕES 2018
Instituto Ranking: Reinaldo 21,33%; Odilon 18,48% e Mochi 10,33%
ESTADO
Edital do Pnae para compra de hortifruti em Dourados é aberto
APÓS INCÊNDIO
MEC libera R$ 8,9 milhões para obras emergenciais no Museu Nacional
FUTEBOL
Trio de MS apita duelo da Série B nesta sexta
ARTIGO
Perdoar, sim
FRONTEIRA SEGURA
Exército e órgãos de segurança colocam 700 homens para combater crimes na fronteira de MS

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia fecha entreposto de drogas e prende três no Jardim Colibri
DOURADOS
Esquema começou há 1 ano e maconha era armazenada em pneus
DOURADOS
PF apreende mais de 150 quilos de cocaína na Guaicurus
IVINHEMA
Mecânico morre ao ficar preso em cardan de caminhão