Menu
Busca domingo, 22 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Cruzeiro busca os 100 pontos contra o lanterna Bahia

14 dezembro 2003 - 10h42

O Cruzeiro e o seu treinador, Wanderley Luxemburgo, dão por cumprida a missão do time mineiro no Brasileiro-03 com a conquista antecipada do título de campeão brasileiro, mas a utopia cruzeirense segue viva. Neste domingo, contra o Bahia, em Salvador, o time vai em busca da marca centenária de pontos --tem 97. E, implicitamente, tem o ideal de marcar cem gols na competição.Esse desejo surgiu após a goleada, há uma semana, sobre o Fluminense (5 a 2). O time chegou a 95 gols marcados. O jogo será o confronto do campeão contra o último colocado, mas falar em cem gols é heresia no clube."Como eu falaria uma asneira dessa para os meus jogadores? Não existe isso (jogar para golear) no futebol", disse Luxemburgo. Para ele, um time pode entrar em campo para vencer, mas nunca com obrigação de fazer gols além do necessário para garantir os pontos pretendidos.Mas um dos atletas dá a pista. "Agora é pensar só no Bahia para conseguir esses cem pontos, é importante (...) Primeiro vamos buscar os cem pontos, agora, se for possível os cem gols, quem sabe", disse o lateral Maurinho. LivroOs detalhes e as estratégias do Cruzeiro para chegar ao título inédito e buscar as marcas idealizadas serão contados por Luxemburgo em um livro. As minúcias, segundo o treinador, fizeram a diferença para a boa campanha do time mineiro. E, apesar das exigências do detalhista Luxemburgo, os dias pós-conquista na Toca da Raposa mostram um relaxamento crescente. Na semana, houve apenas um treino coletivo.Na quinta, por exemplo, os jogadores literalmente expulsaram Luxemburgo do campo de treino, atitude que o treinador aceitou com bom humor. Mas é muito provável que o técnico exija uma vitória contra o Bahia, a julgar pela crítica feita ao time pelo primeiro tempo contra o Fluminense. "O relaxamento é natural, mas o time tem que estar concentrado nas partidas. Até as contusões acontecem quando não existe concentração. Isso não pode ocorrer", disse ele após o jogo passado, quando o time reagiu no segundo tempo. O atacante Mota permanece como titular, já que Aristizabal se recupera de uma artroscopia no joelho direito, faz oito dias. Após a partida de hoje, os jogadores sairão de férias, enquanto a diretoria continuará o trabalho de reforçar o time para a Libertadores-2004. O atacante Lima (Coritiba) é o único reforço anunciado até agora. O meia Alex, principal jogador do Cruzeiro, só ficará se não tiver propostas de clubes da Europa, especialmente da Espanha ou Itália. O fato de sua mulher estar grávida pesa a favor do Cruzeiro, conforme disse o próprio jogador. A diretoria acha que Alex disputa a Libertadores pelo clube. BAHIAEmerson; Paulinho, Valdomiro, Marcelo Souza e Chiquinho; Accioly, Otacílio, Cícero e Elias; Preto e Didi.Técnico: Edinho CRUZEIROGomes; Maurinho, Cris, Edu Dracena e Leandro; Recife, Maldonado, Wendell e Alex; Mota e Márcio Nobre.Técnico: Wanderley Luxemburgo Local: estádio da Fonte Nova, em Salvador (BA)Horário: 15h(MS)Juiz: Evandro Rogério Roman (PR)  

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Polícia apreende 365 quilos de maconha em veículo abandonado
GUARAPUAVA
Acidente aéreo mata deputado estadual do Paraná Bernardo Carli
AMAMBAI
Bebê de 1 ano e 9 meses morre afogado em açude de chácara
BLOCOS
Temer vai ao México para reunião de Mercosul e Aliança do Pacífico
MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados autua pecuarista em R$ 57 mil por desmatamento
EMPREGO
10 órgãos abrem inscrições para quase 600 vagas na segunda-feira
CAMPO GRANDE
Mulher fica gravemente ferida após ser lançada contra arame farpado
AMPLAVISÃO 1315
Nas pontes de Roma a lembrança de André
DOURADOS
Poste derrubado após roubo de veículos continua caído na Marcelino Pires
TRADIÇÃO CATÓLICA
27ª Festa a São Cristóvão leva caminhões às ruas de Dourados

Mais Lidas

ÁGUA BOA
Ferido com tiro durante comemorações na Copa é preso com drogas em Dourados
CAMPO DOURADO
Jovem nega tráfico e diz que pedido de carona o levou até casa com droga
DOURADOS
Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado