Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Crianças agredidas pela própria mãe em Vila Vargas

03 dezembro 2003 - 11h59

Uma denúncia levou o Conselho Tutelar de Dourados a deslocar uma conselheira até o distrito de Vila Vargas, para atender um caso de maus tratos em crianças.Numa casa, próxima ao conhecido Clube dos Japoneses a conselheira Darci Lima de Sousa, encontrou as menores C.M.M. de oito anos e N.M.M. de apenas três anos, com várias escoriações pelo corpo. Segundo a conselheira a agressão teria sido cometida pela própria mãe das crianças que usou um pedaço de madeira, para ferir as crianças.A agressão tem sido uma constante, conforme foi relatado por vizinhos da mulher. Existe denuncia de que a criança de oito anos é proibida pela mãe de ir ao colégio para fazer os serviços de casa.O mais grave, relatado em denúncia feita para a polícia dá conta de existir acusação de que a mulher teria envenenado um outro filho, que acabou morrendo.O caso das agressões aos menores foi registrado no 2º DP em Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Maior aeronave militar feita no Brasil entra em fase final de testes
CLONE
Veículo roubado no Brasil é recuperado com deputado paraguaio
BRASIL
Já estão em vigor as novas regras do frete mínimo para caminhoneiros
FLAGRANTE
Ambiental apreende barco e redes com paulistas no rio Sucuriú
DOURADOS
Após reunião com lideranças, Câmara suspende audiência sobre extinção de cargos indígenas
IMUNIZAÇÃO
Campanha imunizou mais de 11 mil presos contra a gripe em MS
BRASILEIRÃO
Três jogos encerram rodada da Série B neste sábado
TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
BRASILEIRÃO
Vasco vira diante do Fluminense e volta a vencer no campeonato
DOURADOS
Bancada de MS terá que "brigar em Brasília" para garantir hospital da mulher e da criança

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é baleado com quatro tiros no Estrela Verá
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
HOMICÍDIO
Jovem é assassinado com tiro de 9mm em Itaporã
INVESTIGAÇÕES
Preso no RJ, suspeito de planejar morte de “chefão da fronteira” é acusado de lavagem de dinheiro em MS