Menu
Busca segunda, 17 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Correios arrecadam doações para desabrigados de Nioaque

09 dezembro 2003 - 09h21

A ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) doou sua logística para atender os desabrigados do município de Nioaque. A partir de hoje, as agências dos Correios estarão recebendo da população roupas, sapatos e alimentos não-perecíveis para serem encaminhadas aos desabrigados em função do alagamento provocado pela cheia no rio Nioaque.Segundo a coordenadora de Projetos Especiais dos Correios, Olga Martinez Torres, e o diretor regional adjunto dos Correios, Genivaldo de Oliveira Lacerda, a iniciativa veio, depois que viram como está a situação de Nioaque depois de três dias seguidos de chuva na cidade. "É o mínimo que podemos fazer e estamos, mais uma vez, contando com o apoio dos sul-mato-grossenses", afirmou Olga.As doações podem ser feitas em qualquer agência dos Correios, a partir de hoje, dia 09 de dezembro. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDESTRIANISMO
Douradense e campo-grandense vencem a 1ª Corrida de São João
DOURADOS
Festa Junina na praça atraiu mais de 20 pessoas em três dias
STF
Decisão sobre criminalização da homofobia é comemorada em MS
TRÁFICO
Após perseguição, motorista foge para o Paraguai e deixa carro com mais de 140kg de maconha
INSTITUTO FEDERAL
Divulgada primeira chamada para cursos técnicos a distância em dez municípios
COPA AMÉRICA
Seleção treina hoje na Fonte Nova visando partida contra Venezuela
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos
ARTIGO
Junho Prata: Respeito a maturidade e a sabedoria
TJMS
Plano de saúde não é obrigado a arcar com fertilização in vitro
FAMOSOS
“Gostaria de ganhar igual a Eliana”, diz Patricia Abravanel a Silvio Santos

Mais Lidas

POLÍCIA
Casal contratado para levar maconha até Campo Grande é preso em Dourados
FURTO
Jovem é preso enquanto furtava bicicleta dentro de residência em Dourados
ASSALTO
Pastor marido de deputada federal é executado no Rio
POLÍCIA
Após cinco mortes em uma semana, órgãos realizam operação na reserva indígena de Dourados