Menu
Busca sábado, 18 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Coronel é flagrado antecipando dinheiro de licitação

15 agosto 2006 - 16h11

O coronel Vitor Augustos de Fellipes, que há três meses era o gerente da Diretoria de Subsistência do Comando do Exército, em Brasília, foi flagrado por gravações telefônicas combinando a antecipação de um pagamento de R$ 900 mil com um empresário. O dinheiro fazia parte de uma licitação para fornecer alimentos ao 12º Batalhão de Suprimentos do Amazonas. As escutas foram feitas pela Polícia Federal com autorização da Justiça. Fellipes, que era responsável pela liberação do pagamento de fornecedores, é acusado de pertencer a uma quadrilha que recebia propina de 2% (oficiais) ou 1% (praças) para facilitar as licitações no 12º Batalhão de Suprimento. Ele foi um dos presos na última sexta-feira durante a Operação Saúva, da PF, que desmontou um esquema de fraudes em licitações públicas no Amazonas para a venda superfaturada de alimentos para merenda escolar, quartéis do Exército e famílias carentes. A quadrilha obtinha informações privilegiadas das concorrências para licitações e agilizava os pagamentos. Em alguns pregões, violavam os envelopes dos concorrentes para inabilitá-los e desviavam de dentro dos quartéis parte dos alimentos e os revendiam a particulares. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, nas gravações, o coronel conversa sobre a antecipação de um pagamento de valor R$ 900 mil para o empresário João Leitão Limeira, cujas empresas ganharam R$ 11 milhões em licitações em 2005, para fornecer alimentos ao 12º Batalhão. O coronel primeiro diz que não quer antecipar o pagamento de R$ 900 mil para não levantar suspeitas. Mas depois, acaba cedendo à pressão do empresário. A conversa entre o coronel e o empresário foi gravada no dia 17 de novembro do ano passado. Com o apoio do Comando Militar da Amazônia, segundo um oficial que participou das investigações, a PF filmou e fotografou a quadrilha desviando diversos alimentos dos quartéis. Ontem, o comando informou que abriu inquérito para investigar os militares. O advogado do militar não foi encontrado para prestar esclarecimentos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

FLÓRIDA
Jovem é preso por posse ilegal de arma de fogo e mandado em aberto
DICAS
Prova do processo seletivo da Educação será neste domingo
CAARAPÓ
Polícia apreende maconha e haxixe em fundo falso de motocicleta
OPORTUNIDADE
Detran/MS inicia primeiro leilão de veículos para circulação deste ano
GUARDA
Traficante que queria ganhar R$ 12 mil vendendo drogas é presa em Dourados
EDUCAÇÃO
Matrícula de acadêmicos veteranos da UEMS começa dia 27 de janeiro
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 milhões neste sábado
CAPITAL
Com tiro na nuca, foragido é levado para hospital em estado grave
COMER BEM
Restaurante Senhoritta realiza roda de Chamamé com costelão e acompanhamentos
SONHO DO CARRO
Abevê realiza sorteio de dois veículos 0Km neste sábado

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
DOURADOS
'Rua do medo' tem dois entregadores assaltados em 10 dias
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados