Menu
Busca sexta, 16 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
DEU RUIM!

Bruna Marquezine tem contrato quebrado após fim com Neymar

18 setembro 2017 - 11h42

O término com o jogador Neymar tem rendido perdas de patrocínio para a atriz Bruna Marquezine, namorada do jogador até junho desse ano.

Conforme informou o jornal Extra, Bruna perdeu o contrato de patrocínio que tinha com a marca Addidas, uma das mais importantes do mundo.

Bruna havia fechado a parceria em setembro do ano passado, quando já havia voltado com Neymar, para divulgar a marca.

O plano da Addidas era que Marquezine ajudasse a divulgar a marca pelo mundo, já que ela é conhecida mundialmente pelo namoro com o jogador do PSG.

A assessoria de Bruna confirma a informação, mas o patrocínio não faz falta para moça. No Rock in Rio, ela já apareceu com outras marcas, como Puma e Fila.

Os representantes de Bruna, no entanto, dizem que ela não fechou nenhum contrato com outra marca – pelo menos por enquanto.



Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Seleção para preencher vagas de médicos cubanos ocorre ainda este mês
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Radares flagram quase 500 motoristas por excesso de velocidade nas BR's de MS
DOURADOS
Grupo ABV realiza sorteio de carro 0km
TRÂNSITO
Bêbado, homem é preso ao provocar acidente
ÁFRICA DO SUL
Prédio de apartamentos é construído com 140 contêineres
BRASIL
Bolsonaro diz que nomes de comandantes militares não estão definidos
PÓS-FERIADO
Centrão ‘calmo’ é reflexo do feriado no meio da semana em Dourados
CAMPO GRANDE
Para não bater em capivaras, motorista desvia, perde controle e capota veículo
ALERTA
Procon orienta sobre cuidados para compras na Black Friday
RURAL
Integração lavoura-pecuária atrai mais produtores em MS

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Empresário é executado e filho fica ferido em atentado
CAMPO GRANDE
Empresário executado na Capital era avalista em dívida de R$ 40 milhões
SUSTO
Veículo com placas de Dourados fica destruído ao ser atingido por vagões de trem
DOURADOS
Dupla armada rouba moto para assaltar empresa e levar R$ 3 mil