Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Contra o Fla, Ponte Preta luta para não voltar à Série B

07 dezembro 2003 - 11h42

A Ponte Preta terá neste domingo, às 15 horas, a missão de exorcizar a maldição de nunca ter vencido no Maracanã para acabar com o jejum de dois meses sem vitória e não reeditar os erros de 16 anos atrás, quando caiu em desgraça e acabou na Série B.Os caça-fantasmas ponte-pretanos precisam vencer suas duas últimas partidas --na última rodada enfrenta o Fortaleza, no Moisés Lucarelli--, além de torcer por uma combinação de resultados de seus concorrentes diretos ao descenso para permanecer na elite do futebol nacional.Além da lanterna Ponte Preta, mais seis equipes estão na briga para não cair: Bahia (23º), Grêmio (22º), Fortaleza (21º), Paysandu (20º), Fluminense (19º) e Juventude (18º).Entretanto, o time pode antecipar sua queda para a segundona. Para isso, ele precisa perder para a equipe carioca amanhã. O Bahia e o Grêmio precisam vencer seus confrontos, e o Fortaleza e o Paysandu precisam empatar. Isso porque seus rivais chegariam a 49 pontos.A Ponte, mesmo igualando o número de pontos de seus concorrentes, ainda assim permaneceria com menor número de vitórias em relação a eles. A Ponte possui 46 pontos --mesmo número de pontos dos baianos e dos gaúchos-- e apenas dez vitórias contra 12 do Bahia, Grêmio e Fortaleza e 15 do Paysandu."Está difícil, mas não impossível. O time está motivado. Os jogadores vão dar o máximo para sair de campo com a vitória", disse o técnico Abel Braga.Contudo, além da maldição de nunca ter vencido no Maracanã, a Ponte Preta terá de superar o retrospecto negativo que coloca a equipe como a pior do returno.Em 21 jogos, o time conseguiu apenas duas vitórias, oito empates, 11 derrotas e fez 14 pontos. "Nunca ganhamos antes no Maracanã. Quem sabe não é agora? Estivemos no Morumbi e vencemos o São Paulo [2 a 1, no primeiro turno]", disse o presidente do clube, Sérgio Carnielli.Para a partida, Abel Braga não vai contar com o zagueiro Gérson, suspenso após o terceiro amarelo na derrota para o São Paulo, em casa. Ewerton será o substituto. O meia Ronildo, com dores na coxa direita, foi vetado e será substituído por Rafael Ueta. Outro que pode ficar de fora é o meia Piá, contundido. Ele fará um teste momentos antes da partida. Caso não jogue, Adrianinho entrará em seu lugar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Cuidadora é presa após assalto que terminou em morte de médico de 93 anos
TST
Petroleiros fecham acordo com a Petrobras e encerram greve de 20 dias
JARDIM
Armado, homem ameaçava enteada de 8 anos para estuprá-la
UEMS
Mestrado Profissional em Ensino em Saúde abre inscrições em Dourados
ECONOMIA
Associações pedem que Reinaldo revogue aumento do ICMS da gasolina
CAMPO GRANDE
Mulher é presa após xingar idoso e bater na vizinha com mangueira
BATAYPORÃ
Chuva de 90 milímetros coloca cidade de MS em situação de emergência
FOLGA
Bolsonaro passa o carnaval em unidade do Exército no Guarujá
CAPITAL
Major da PM que matou ex-namorado foi agredida e ficou em cárcere
ECONOMIA
Projeto Maracujá Agroecológico começa a dar resultado a produtores

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia