Menu
Busca domingo, 24 de março de 2019
(67) 9860-3221

Congresso deve votar somente à noite o Orçamento para 2004

23 dezembro 2003 - 15h47

A Comissão Mista de Orçamento retomou às 12h de hoje a sessão, suspensa desde as 10h30, para discussão e votação dos cerca de 1.800 destaques apresentados com o objetivo de alterar a proposta orçamentária apresentada pelo relator do Orçamento, deputado Jorge Bittar (PT-RJ) a partir do projeto de Lei Orçamentária encaminhada, em setembro, pelo Executivo. A previsão do próprio presidente da Comissão, Senador Gilberto Mestrinho (PMDB-AM), é que os trabalhos deverão prosseguir durante toda a tarde. Nesse caso, somente à noite a matéria terá condições de ser discutida e votada pelo plenário do Congresso Nacional, que reúne deputados e senadores em sessão conjunta.A sessão vem demorando porque a oposição procura obstruir os trabalhos de votação dos destaques, fato que vem ocorrendo desde ontem, quando a Comissão Mista de Orçamento teve uma sessão de onze horas somente para discutir e votar o texto-base do parecer de Jorge Bittar, ressalvados os destaques. Concluída a votação às 21h de ontem, a Comissão marcou o reinício de sessão para as 5h desta terça-feira, mas somente por volta das 8h foi possível iniciar a sessão, interrompida, no meio da manhã, a fim de se tentar fechar um acordo entre os líderes partidários.A votação do Plano Plurianual (PPA), relatado pelo senador Roberto Saturnino (PT-RJ), que dependia de votação, ficou para ser decidida somente em janeiro de 2004, por ocasião do período de convocação extraordinária do Congresso Nacional pelo Exexutivo - entre 20 de janeiro a 14 de fevereiro. O entendimento de Roberto Saturnino é que o PPA deveria ter sido votado antes, por ser um documento que estabelece parâmetros orçamentários a serem seguidos no período 2004-2007 o que, no seu entender, incluiu justamente o Orçamento para 2004, mas a falta de acordo das lideranças da base do governo e da oposição não permitiu o encurtamento de prazos que permitiria a votação do PPA ainda neste ano. A autoconvocação do Congresso Nacional, que vem desde o dia 16, termina hoje.      Brasília - A Comissão Mista de Orçamento retomou às 12h de hoje a sessão, suspensa desde as 10h30, para discussão e votação dos cerca de 1.800 destaques apresentados com o objetivo de alterar a proposta orçamentária apresentada pelo relator do Orçamento, deputado Jorge Bittar (PT-RJ) a partir do projeto de Lei Orçamentária encaminhada, em setembro, pelo Executivo. A previsão do próprio presidente da Comissão, Senador Gilberto Mestrinho (PMDB-AM), é que os trabalhos deverão prosseguir durante toda a tarde. Nesse caso, somente à noite a matéria terá condições de ser discutida e votada pelo plenário do Congresso Nacional, que reúne deputados e senadores em sessão conjunta.A sessão vem demorando porque a oposição procura obstruir os trabalhos de votação dos destaques, fato que vem ocorrendo desde ontem, quando a Comissão Mista de Orçamento teve uma sessão de onze horas somente para discutir e votar o texto-base do parecer de Jorge Bittar, ressalvados os destaques. Concluída a votação às 21h de ontem, a Comissão marcou o reinício de sessão para as 5h desta terça-feira, mas somente por volta das 8h foi possível iniciar a sessão, interrompida, no meio da manhã, a fim de se tentar fechar um acordo entre os líderes partidários.A votação do Plano Plurianual (PPA), relatado pelo senador Roberto Saturnino (PT-RJ), que dependia de votação, ficou para ser decidida somente em janeiro de 2004, por ocasião do período de convocação extraordinária do Congresso Nacional pelo Exexutivo - entre 20 de janeiro a 14 de fevereiro. O entendimento de Roberto Saturnino é que o PPA deveria ter sido votado antes, por ser um documento que estabelece parâmetros orçamentários a serem seguidos no período 2004-2007 o que, no seu entender, incluiu justamente o Orçamento para 2004, mas a falta de acordo das lideranças da base do governo e da oposição não permitiu o encurtamento de prazos que permitiria a votação do PPA ainda neste ano. A autoconvocação do Congresso Nacional, que vem desde o dia 16, termina hoje.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Após cirurgia, Cleo Pires exibe corpão, faz dancinha e rebate seguidor
TRÊS LAGOAS
Mulher que entrou em briga de casal e matou homem diz que foi acidente
FUTEBOL
Aquidauanense vence o Operário na abertura das quartas do Estadual
DOURADOS
Agehab vai aos bairros para regularização de loteamentos sociais
PONTA PORÃ
Adolescente é apreendida com maconha que levaria para São Paulo
LUTO
Ator e diretor Domingos Oliveira morre aos 83 ans no Rio de Janeiro
FUTEBOL
Paquetá marca, mas Brasil só empata com Panamá em amistoso
CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia
VIOLÊNCIA
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no sudeste do Pará

Mais Lidas

IVINHEMA
Médico veterinário morre em acidente de moto na MS-276
BRASIL
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento
AQUIDAUANA
Colisão entre dois veículos deixa um morto e oito feridos na BR-262
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping