Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Comissão Processante está analisando dois relatórios

02 dezembro 2003 - 22h30

Os três integrantes da Comissão Processante criada na Câmara de Dourados para decidir o futuro do vereador Walter Hora (o presidente, Carlinhos Cantor, do PL, o relator, Humberto Júnior, do PFL e o membro, Nelso Gabiatti, do PMDB) estão agora reunidos, separadamente dos demais vereadores que permanecem com a sessão suspensa, para analisar o surgimento de um segundo parecer. O relator Humberto Júnior já teria emitido o relatório oficial, onde sugere a suspensão de Hora por trinta dias das atividades parlamentares, mas o vereador Nelso Gabiatti teria apresentado um parecer paralelo, com uma pena que não chega ao afastamento do vereador. Essa tese também é compartilhada pelo vereador Paulo Falcão, que lidera o bloco de oposição. "O crime foi muito pequenininho para a punição que estão querendo aplicar ao Walter", disse ele, há pouco, ao sair por alguns instantes da sala. A sessão já está suspensa há quase uma hora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Agehab vai aos bairros para regularização de loteamentos sociais
PONTA PORÃ
Adolescente é apreendida com maconha que levaria para São Paulo
LUTO
Ator e diretor Domingos Oliveira morre aos 83 ans no Rio de Janeiro
FUTEBOL
Paquetá marca, mas Brasil só empata com Panamá em amistoso
BRASIL
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento
IVINHEMA
Médico veterinário morre em acidente de moto na MS-276
CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia
VIOLÊNCIA
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no sudeste do Pará
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia