Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Comércio de MS ganha nova arma contra mau pagador

10 janeiro 2004 - 10h30

O comércio de Mato Grosso do Sul agora conta com mais uma arma contra o cliente mau pagador. Trata-se da RIPC (Rede de informações e Proteção ao Crédito) que está sendo instalada em Mato Grosso do Sul e, com isso, os empresários poderão ter informações sobre crédito em todo o País com respostas em, aproximadamente, três segundos. O Conselho que vai gerir o sistema no Estado tomou posse hoje, às 9 horas, no auditório da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande). O advogado João Campos, diretor do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) de Campo Grande, informou que o serviço já estava à disposição dos empresários de diversos municípios de Mato Grosso do Sul, mas ligado a São Paulo. “Agora teremos um Conselho, com representantes das 11 maiores Associações Comerciais do Estado para unificar o setor no Estado”, afirmou Campos, explicando que a RIPC integra mais de um milhão de empresas em todo o território brasileiro e é a mais rápida, segura, completa e eficiente base de consulta de crédito do País que disponibiliza uma única consulta ao SPC com informação em nível nacional. João Campos afirmou que o sistema acabou com um problema que era enfrentado pelos empresários em todo o País. “As informações eram limitadas e, caso uma pessoa tivesses restrições comerciais em outra cidade ou Estado, nós não tínhamos como tomar conhecimento. Agora, com uma simples consulta o empresário poderá ter mais segurança para efetuar suas vendas”, afirmou. Para empossar os membros do Conselho já está na Capital o superintendente da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), Natanael Miranda. O conselho é formado por representantes das Associações Comerciais de Campo Grande, Dourados, Paranaíba, Três Lagoas, Ponta Porã, Jardim, Aquidauana, Corumbá, Maracaju, Naviraí e Nova Andradina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PASSAPORTE FALSO
Ronaldinho Gaúcho ficará em prisão domiciliar, decide juiz paraguaio
APARECIDA DO TABOADO
Adolescentes matam professor aposentado com quinze facadas
MINISTÉRIO PÚBLICO
Promotor Alexandre Magno é o novo Procurador-Geral de Justiça de MS
JUDICIÁRIO
Cadeirante deve ser indenizado por má prestação de transporte público
FIGUERÃO
Menino desconfia de ‘amigo’, avisa o pai e impede estupro da irmã
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 114 mortes por coronavírus em 24 horas e chega a 667
DOURADOS
Suplente de Braz consegue derrubar afastamento no TJ
COTAÇÃO
Dólar recua, mas fecha acima de R$ 5,20
TRÁFICO DE DROGAS
Maconha e skunk que seriam entregues em São Paulo são apreendidos em MS
BATALHA JURÍDICA
Braz recorre ao STJ para suspender decisão que pode lhe custar o mandato na Câmara

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida